Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Casamentos e divórcios ecológicos...

por Dona das Chaves, em 27.06.08

Parece que no Brasil, saiu uma lei (ou está em estudo), que diz que vai obrigar os casais que se casam a plantar, contribuir para a plantação de 10 árvores novas! Em caso de ser um divórcio esse valor sobe para 25. Segundo o "deputado federal" (não tenho certeza), quando um casal dá o nó, está a iniciar uma nova família, logo está a aumentar o volume de lixo, o consumo de água, energia, o que ajuda no aumento do efeito estufa, depois nascem os filhos, logo esses valores aumentam. Em caso de divórcio, será uma família que se quebra, mas possivelmente duas novas se iniciam, porque cada um fica com sua casa, e mais tarde irá formar nova família, logo a produção de lixo, os gastos energéticos o todos esses atentados ambientais aumentam, logo o número de árvores a ser plantado, também aumenta. Será o munícipio da área de residência a decidir onde as árvores devem ser plantadas. Outra hipótese, é os novos casais, ou os casais desfeitos contribuírem monetariamente para a plantação de árvores.
Acho que é um exemplo a seguir, não só em Portugal, mas mundialmente. Sim, porque assim aumentam-se os espaços verdes, faz-se reflorestação e tenta-se diminuir o efeito de estufa. E não só, aumenta-se a produção de oxigénio, tão essencial a todas as formas de vida.
Quando se inicia uma nova família, é real o aumento do dispêndio de energia, da produção de mais lixo, afinal é uma nova casa, com tudo o que está inerente, e agora com todas as modernices que todos temos, para não falar dos gastos com água, e quando nascem os filhos, aumenta tudo de novo. Se não se encontram formas de debelar o aumento de tudo isto, e se, se continuam a abater árvores, sem se replantarem novas, um dia destes ainda vamos ter de usar máscaras de gás a ver se conseguimos alguma respiração... No entanto também não deveriam ser necessárias leis que obriguem as pessoas a contribuir para se plantarem árvores, as pessoas deveriam fazê-lo por iniciativa própria e as instituições governamentais, ou não, também. É uma questão de consciência, mas se ninguém a tem, então que se criem estas leis ou outras semelhantes.
Em Portugal, se tal acontecesse, acho que os múltiplos de 25, iam ser os mais usados, a avaliar pelo número de divórcios que temos por cá, iríamos portanto passar a ser um país bastante ecológico...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:46

Até quando....?

por Dona das Chaves, em 23.06.08

Tudo tem um principio, um desenrolar, e um fim! Tudo tem uma razão para começar, mas para terminar também. Parece-me que a "vida" de um blog, será uma dessas coisas, tem um inicio, um desenrolar e um culminar. A sua duração pode ser mais ou menos longa, como a vida. Eu apenas queria escrever, dar a ler as minhas ideias, as minhas maluquices, forças e fraquezas quando iniciei este blog. Já se passou mais de um ano, muito já consegui deixar escrito, alegrias, tristezas, parvoíces, pensamentos profundos ou nem por isso. Estou agora numa fase, que não ata, nem desata, simplesmente tá-se. As ideias que porventura se afloram ao pensamento deste único neurónio durante o dia, esfumam-se com as horas, não ficando qualquer vestígio da pujança com que surgiram. Vou tentar, não acabar por aqui, no entanto, parece-me que é assim que começa o declínio, com a falta de textos, a falta das palavras que trazem as pessoas até este espaço. Se este espaço se quedar nos próximos tempos, deixo a garantia de continuar a meter o nariz onde normalmente costumo fazê-lo, nos vossos blogs, e claro continuo a comentar, umas vezes, eu própria, outras quem sabe, enviando a cabra, que alguns de vós já conhecem. Tudo dependerá, do teor dos posts e claro de quem estiver encarregue da utilização do neurónio, eu ou a cabra. Agradeço a todos que costumam passar aqui e ler as minhas palavras, e prometo tentar revigorar este espaço, mas não é garantido que o consiga fazer. Pode ser apenas um momento de pouca actividade do neurónio que deu asas a este blog, pode ser do calor, mas pode ser ferrugem na engrenagem do mesmo, e isso é mais difícil de remover. Tudo tem o seu tempo, vamos ver o tempo que tem o meu blog...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:24

No coments...

por Dona das Chaves, em 22.06.08
Bem parece que fui premiada por falar demais, ou por fazer uns comentários "jeitosos" na blogosfera, lol. O Jorge, do blog O que é o jantar, premiou-me com este selo:




Obrigado Jorge, mas, "não havia necessidade", chechechce.
Parece que estas coisas de prémios devem ser passados a outras pessoas que achamos que merecem cá vai:


Lua Secreta, toma lá vai buscar...;
Reticências da Alma, a ver se não bebes um chá de sumiço...;
Tontices e Doidices, aparece sempre como anónima, mas depois indetifica-se, lol.,

Pessoinha, pensavas que por te terem premiado que eu não premiava também, pois...
Jorge, também cá estás;


Sim, agora não há fuga possível, meus amigos, estão aqui os vossos nomes escarrapachados e claro, é porque o prémio que vos ofereço, é mais que merecido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:55

Bola de cristal

por Dona das Chaves, em 20.06.08

Bem, terminou o sonho! Agora é que vão ser elas, sem futebol! Ah sim, porque isto da bola, andava a manter o pessoal entretido, e não andavam a ligar muito à crise que se está a viver. Agora que o sonho se desfez, e sem nada para entreter é que a porca torce o rabo, sim porque agora é que esta gente vai por os pés no chão, e vai senti-lo a fugir debaixo dos pés. Vêm aí as férias, mas também o regresso às aulas (ok, ainda nem começaram as férias escolares) e da forma que as coisas estão, já estou a ver as caretas feias com que nos vamos cruzar todos os dias, sendo que começa já amanhã... Eu tinha esperança de só começar a ver caras feias, no próximo mês... mas vieram os "cabrões dos salsichas" e acabaram com o sonho, se bem que o Chelsea o tenha feito primeiro, anunciando a contratação do Scolari (podiam ter esperadado mais um cadinho). Enfim, sem bola, para animar, até a cerveja vai ficar nas prateleiras, mais os amendoins, os tremoços e os caracóis. E nem falo de futurismo na selecção, porque de repente a minha bola de cristal ficou muito escura, e não se vê nada... acho que está como o resto da nação... sem se perceber ver o que vem a seguir!


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:00

Lavar as vistas...

por Dona das Chaves, em 19.06.08

(Matthew MacConaughey) (Matthew MacConaughey)

No outro dia, esqueci-me deste "menino loiro", que eu nem vou à bola com loiros, mas com este até ia à bola, à praia, ao centro comercial, restaurante, ... enfim, onde ele me levasse. Digam lá que até nem se importavam de ser aquela "cachorra" ali da imagem, hum, hum. E agora vou ali, dar uma volta e escolher uns cromos daqueles que animam os campos de futebol do Euro2008, se eu não voltar é porque fiquei lesionada das vistas...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:22

Vale a pena...

por Dona das Chaves, em 18.06.08
Apesar de gostar muito de ler, confesso que não o faço tanto como gostaria. Não que os livros sejam caros, que são efectivamente, mas existem as bibliotecas municipais para alguma coisa, não, que não tenha tempo, para ler há sempre um espacinho no relógio atarefado, mas porque ultimamente me tenho desleixado neste campo. Estou a ler dois livros ao mesmo tempo, sendo que um deles já está há bastante tempo na mesa de cabeceira. O outro livro que estou a ler, relata a história de um fuzileiro americano no Iraque, e tudo o que fez para conseguir salvar um cachorro, que lhe apareceu um dia onde estavam acampados. A história não seria nada de surpreendente, não fosse o local onde se passa, bem como toda a situação envolvente, e todas as regras que os fuzileiros e soldados têm de respeitar. Segundo os regulamentos, nenhum soldado/fuzileiro pode adoptar, dar comer, criar qualquer laço afectivo com ninguém, ou mesmo com um animal, sob pena de as as emoções se sobreporem a toda a disciplina militar e acabarem por se tornarem vulneráveis e se desfocarem da missão militar que cumprem, podendo por perigo toda a unidade. No entanto, eles estão no Iraque após a invasão, e como é natural, algo que os vai fazer sair um pouco, ainda que em meio inóspito, daquela guerra constante, tem de ser escondido ainda para mais se estão a violar os regulamentos militares. Então o tenente Jay Copelman, relata toda a história desde que o cachorro apareceu, até o conseguir trazer para o seu país. Pelo meio, claro, vai contando toda a envolvência, quer emocional, quer em termos físicos do meio em que se encontram. Além de um relato emocional sobre a história do Lava ( o cachorro), temos uma visão da guerra um pouco mais abrangente que aquela que vemos nas notícias, com algumas histórias, e relatos das situações vividas dentro dos acampamentos, pelos soldados americanos, que nunca saberíamos de outro modo, que não, numa história contada por um soldado. Aconselho este livro, pela história do salvamento e pela visão desta guerra de doidos, que de outra forma não teríamos.


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:53

Vamos por pontos...

por Dona das Chaves, em 16.06.08
  1. Sou viciada em internet,
  2. Sou viciada em internet,
  3. Sou viciada em internet,
  4. Sou viciada em internet,
  5. Sou viciada em internet,
  6. Estou furibunda da vida,
  7. Estou para lá de furibunda,
  8. Estou siderada, possessa de raiva,
  9. O Adsl sapo, mais o telefone fixo vão ser de vez trocados,
  10. Comigo não se brinca, a mim não gozam,
  11. Estou farta de pagar para ser mal servida,
  12. A reclamação segue para o acesso sapo, mais uma para a DECO, ah pois, porque já chega!
  13. Tudo o que é demais enjoa.
  14. Estou viciada, e não sei estar sem a internet.
  15. A Culpa não é minha, é da solidão, de estar desempregada, de não ter uma família de jeito, é deformação profissional, preciso disto para trabalhar...
  16. Preciso de tratamento, sob pena de acabar na casa amarela.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:18

Porreiro pá...

por Dona das Chaves, em 15.06.08
"Os custos com as dívidas incobráveis da electricidade vão passar a ser pagos por todos os consumidores. Hoje, é a EDP Serviço Universal que assume os encargos totais dessas dívidas. Mas a proposta da ERSE (Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos) para o próximo período regulatório de 2009/11 prevê que os encargos com esses compromissos passem a ser partilhados com os consumidores de electricidade a partir do próximo ano, nas tarifas de electricidade." in Portugal Diário

Parece que nós clientes bem comportados, e que pagamos a tempo e horas os nossos consumos eléctricos vamos ter de pagar por aqueles que deixam de pagar as contas. Isto é no minímo insólito! Isto só em Portugal! Mas já que é assim, vou deixar de pagar, afinal, haverá quem vai pagar por mim... e já agora deixo também de pagar a Internet( até tem andado a dar problemas), nunca se sabe, se também, não vão dividir a minha conta pelos restantes, que pagam a horas, lol.
Isto é o quê, afinal, roubar à descarada, ou a forma de recuperarem disfarçadamente o que vão perder por deixarem de cobrar o aluguer de contadores. Esta só pode ser uma proposta inconstitucional. Isto de pagar o justo pelo pecador, tem que se lhe diga. Já agora porque é que os bancos também não fazem o mesmo com o crédito habitação, afinal há tanta gente a perder o emprego, e a deixar de pagar a casa, que já agora em vez de meter as pessoas na rua, dividiam o mal pelas aldeias... Onde é que vamos parar, desta forma? Se começa com a electricidade, logo vêm os da água, depois os do telefone, e o gáz e por aí fora. Vão todos querer o mesmo, que paguem os bons, pelos que por alguma razão não puderam pagar. Não é justo, se eu deixar de pagar, dividirem a dívida pelos restantes, por isso também não me apetece pagar pelos outros, nem um cêntimo, muito menos um euro por factura. Não sou somítica, mas há situações em que não deixo que me mexam na carteira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:45

Já chega....

por Dona das Chaves, em 14.06.08
Mais uma vez a m#rd@ da Internet morreu. F#d$ss& que assim ninguém aguenta. O problema já não é da minha linha, mas da linha sapo em si. Está decidido, vou mudar de operador. Há três meses que ando a ter desconto na mensalidade, tantas são as vezes que estou sem Internet, ah sim, porque eu reclamo. Se pago uma mensalidade para ter Internet todo o dia, é para ter mesmo Internet o dia todo. Se não tenho, não tenho que pagar por isso. Desde que por cá passou o técnico isto ficou ainda pior. Antes se dava problemas, era só uma parte do dia, ou umas horas. Depois um dia resolveu dar problemas, telefonei ao técnico, e quando ele apareceu dois dias depois, isto já funcionava, o que indica que o problema era deles e não da minha linha. No entanto o técnico resolveu mexer, e trocar umas "cenas", daí para cá, tem dado problemas frequentemente. Assim ninguém aguenta. Já basta, ter de pagar uma mensalidade brutal, e ainda tenho de gastar dinheiro em telefone para relatar o problema, mais o tempo que se espera para verificar isto, mais o tempo de verificar aquilo. É só chular, quem usa os serviços deles, e que não fornecem nas devidas condições, até porque já perguntei a outras pessoas por aqui, que também tem uma ligação igual, e parece que têm tido os mesmos problemas. Não fosse a Internet vagarosa, lenta e parada, móvel, da minha irmã e não podia estar a escrever aqui. Estou farta disto, e cada vez que reclamo, tenho de voltar a reclamar segunda e terceira vez. Agora a próxima reclamação vai directa para a DECO. Já chega, se é para me lixarem, quem se lixa são eles, porque eu não alinho mais nesta de andar a pagar, e a reclamar para nada, e ser mal servida. Estou que nem posso, arre. Odeio ser mal servida, e o desconto que me fazem por causa dos problemas, não cobre o valor gasto em chamadas para reclamar, e para o apoio técnico. Acabo por gastar mais, e ter menos serviço. Assim NÃO.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:42

Bééééé´!

por Dona das Chaves, em 13.06.08

Buuu, vou soltar o gato preto, colocar o chapéu, montar a minha vassoura, e berrar à lua, que está quase cheia...(sim berrar, eu sou a cabra, não bruxa, e isso é noutro dia), para mandar para longe a sexta feira 13..., porque não gosto de sextas feiras 13. Apesar de eu ter nascido numa sexta feira, mas com os números invertidos (31), odeio sextas feiras. Estou pior que o Garfield, porque além das segundas, também odeio sextas. Não sou supersticiosa, claro que não... ser supersticioso dá azar... e por isso é que tenho um gato preto, que tem uns dentões que parecem os dentões de um vampiro, buuu. Coitado, vai ter de ir ao vet um dia destes, porque não é normal, uns dentões assim, ele faz por gastá-los, roendo algumas coisas, adora roer caixas de cartão, desfazendo-as em pedacinhos, mas isso não evita o crescimento da dentuça. Encontrei o "bicho" negro, numa sexta feira, não era 13, mas era 7, numa beira de estrada. Não foi propriamente dia de azar, nem de sorte, a não ser para ele, que foi salvo de morrer atroplelado. Foi numa sexta feira 13, que morreu a minha "chucha", a minha gatinha tartaruga, que eu tinha alimentado a biberon, e que era muito inteligente, já para não falar noutras sextas feiras azaradas. Portanto vou lá fora berrar à lua, dar três pinotes e meter-me em casa o dia todo, não vá acontecer alguma...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:06

Pág. 1/3



O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa apenas aquilo que aqui for postando, dia a dia, ou à noite, tanto faz...Como só tenho um neurónio disponivel, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2008

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D