Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Gente armada ao pingarelho...

por Dona das Chaves, em 31.07.08

O meu trabalho está a correr bem, mas uma coisa tenho de confessar... estou farta de engenheiros, directores gerais de marketing, directores de vendas, de produção, etc e tal, e outros que tais, esposas peruas incluídas na mesma molhada. É que não tenho paciência para certas coisas, tais como algumas exigências na preparação dos "artigos" para entrega a estes personagens. Não há pachorra, não há mesmo. Nem uma cagadela de mosca, se pode encontrar, nem o menor sinal de que lá esteve um grão de pó. Tem de ir tudo limpo e esfregadinho, a brilhar, oleado, como manda o figurino, para entregar aos figurões... E para quê? Para daqui a um mês, aparecerem com o "artigo" lá no estaminé, para ser lavado e limpo, tudo como manda o figurino, mas com a aparência de terem ido à guerra, de terem ido à praia e a terem trazido, de terem andado numa caça à melga a ver quantas ficam coladas no "artigo", e de terem metido os catraios lá dentro a fazerem raves e rambóias, até parecer que o artigo saiu da fábrica no tempo dos dinossauros... E pior que isto, ainda, é que se armam em esquisitos e fazem verdadeiras inspecções à lupa à cata de um deslize. Também há excepções, também há quem seja civilizado, estime o artigo, e não seja exigente à quinta categoria, e simplesmente peça o serviço básico de tratamento do "artigo".
Sinceramente, para quê tanta esquisitice, armados ao pingarelho, se quando vão ao Wc e o papel higiénico é curto, cagam os dedos tal como o mais comum dos mortais.........????????????

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:39

Mudanças

por Dona das Chaves, em 27.07.08

Este fim de semana foi tempo de alterações! Não na vida, mas cá por casa. Começaram por ser limpezas que depressa se transformaram em pinturas... Isto de ser gaja, tem que se lhe diga... Como as limpezas estavam a ser cansativas e perecia que ia tudo ficar na mesma, trata-se do assunto com tinta, lol. Pois, vai de ir à tinta, escolher outra cor, porque afinal, o que estava a cansar era a cor das paredes. Limpar dá muito trabalho, então pintar... Só mesmo as gajas para terem estas ideias tristes. Como gajos cá em casa não há, muito menos com dotes para tal tarefa ( nunca vi o meu pai pintar uma parede que fosse) lá teve de ser, mãos à obra, que as paredes estavam a clamar por mudanças. A "mini-terrorista" de serviço, tratou logo de começar a reclamar, mal viu o balde da tinta, que a casa ia ficar um horror, e tal, que nunca tinha visto ninguém pintar paredes de castanho, que a mãe e a tia deviam ser doidas, enfim, reclamou e tratou de contar aos vizinhos. Hoje de manhã, começou-se a pintar as paredes ( o tecto havia sido pintado ontem à tarde), e a "mini-terrorista" a servir de fiscal de obras, não vai de modas e começa por elogiar a cor das paredes, que afinal não era castanho como ela pensava... castanho era o balde onde vinha a tinta... Ia e vinha, e o tempo todo a dar pressa às pintoras de serviço, para acabarem depressa porque ela queria ver o resultado final ( nós nem por isso, afinal estávamos a ter tanto trabalho só porque não tínhamos mais nada para fazer). Enfim, depois da manhã inteira e quase toda a tarde, lá demos com o serviço por terminado, paredes pintadas, móveis no lugar, e a sala ficou outra, com as paredes desta vez de amarelo. Agora com esta nova cor, até os móveis ( dos quais eu não gosto) ficam melhor integrados, e os sofás até parece que brilham. Acontece que os sofás foram comprados (há 4 anos) numa cor fizesse contraste com um conjunto de cortinados que a minha mãe comprou, no tempo em que foram feitas as obras de casa ( há 1o anos portanto) onde se pintaram as paredes de branco e assim foram sendo pintadas até ontem. Ontem ao escolher a tinta, também foi de acordo com o raio dos cortinados. Então porque raio é que o desmazelo aqui é tão grande que ainda ninguém teve coragem de pegar na porcaria do conjunto dos tecidos e fazer o raio das bainhas e dos pendentes para pendurar os ditos na janela? Teria justificação, se não houvesse máquina de costurar cá em casa, e se ninguém a soubesse utilizar, mas não, ela existe, e todas a sabem utilizar. No entanto deu uma trabalheira, mas ficou muito bonita. Só que da próxima, contrata-se um pintor....

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:39

Perfume, o teu perfume...hum..........

por Dona das Chaves, em 20.07.08
Hoje deixo um vídeo, bem português, porque por cá também se faz boa música, e porque estou para aqui virada!



O teu perfume, é o que está entranhado na minha pele, há muito tempo, é o perfume que me faz adormecer quando a calma não está comigo...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:36

Fora do trilho

por Dona das Chaves, em 19.07.08
Estou chateada, emburrada, danada, e para lá de furiosa comigo mesma! Volto noutra altura, quando passar má onda, se é que passa. Eu não aprendo mesmo... 100% culpada. Não, não vou contar porquê, simplesmente eu tenho memória curta e esqueço-me rapidamente qual a direcção em que preciso ir, e saio do trilho com uma facilidade do catano. Depois, é isto, fico com a maior das neuras, e acabo muitas vezes por me tornar arrogante. Para tal, preciso fazer uma cura de desintoxicação( não é da net, mas pode ter a ver) e vou sair de fininho, para não estragar o resto, para que não caia de vez e a ver se aprendo de uma vez qual é o meu caminho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:34

Pedido de divórcio

por Dona das Chaves, em 16.07.08
Uma mulher é transferida para trabalhar noutra cidade. Depois de alguns dias manda um telegrama ao marido a dizer: 'Por favor, envia urgente os documentos para o divórcio. Encontrei o companheiro ideal: Possui as mesmas características do novo 407 Sedan da Peugeot'.
O marido desesperado corre a um concessionário e pergunta ao vendedor quais as características do carro e o vendedor responde: 'É MAIS POTENTE, MAIS COMPRIDO, MAIS LARGO, MAIS RÁPIDO NA SUBIDA, MAIS BONITO E NÃO BEBE MUITO.'
O marido compreende imediatamente o que a sua esposa quis dizer. Duas semanas depois, é ela que recebe um telegrama que dizia: 'Mandei os papéis do divórcio, assina rápido! Encontrei uma companheira ideal que reúne todas as qualidades da nova HILUX da Toyota'.
Curiosa, a mulher vai a um concessionário, pergunta sobre o tal carro e o vendedor responde: 'É MAIS RESISTENTE, SUPORTA MAIS PESO, TEM LUBRIFICAÇÃO AUTOMÁTICA, A CARROÇARIA É NOVA E MAIS ARREDONDADA, É MAIS BONITA E CONFORTÁVEL, POSSUI AIR-BAG DUPLO, É MAIS SILENCIOSA, NÃO VAZA ÓLEO E ACEITA ENGATE NA TRASEIRA'.


lolol. Hoje, para não chorar, deixo uma anedota, porque se fosse escrever algo da minha autoria, não iria ter tanta graça de certeza!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:06

I'm back!

por Dona das Chaves, em 14.07.08

Estive ausente, e não foi por causa do trabalho. Foi por causa da ligação à Internet, que morreu. Agora já foi ressuscitada, mas mesmo assim, não está de fiar, ainda não se aguenta e cai de vez em quando! Sei que estas coisas acontecem, a quase toda a gente, mas quando nos acontece a nós, achamos que somos únicos, que somos uns desgraçados, e enfim, as coisas complicam-se. Eu fico "passada da marmita", e começo a barafustar, faço reclamações, de tal maneira que qualquer dia sou conhecida no apoio a cliente e ninguém me atende... ;)
À conta desta avaria, formatei o computador, sem necessidade, porque o problema era mesmo da linha e da ligação, grrrr. O computador estava bom, não precisava ser formatado, perdi muitas aplicações que agora tenho que voltar a instalar, mais a impressora, mais a troca do anti-vírus que os drivers trazem, por outro da minha conveniência, blá, blá. A culpa de tudo isto? Do sapo, que não dá conta do recado, e nós é que temos de aturar as birras dele em não querer trabalhar. Vamos ver o tempo que vai aguentar, com este calor que anda aí, não tenho muitas certezas que vá durar, acho que vai voltar a fazer gazeta para ir para a praia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:47

Rabugenta, eu?

por Dona das Chaves, em 02.07.08

Hoje estou com a neura! O dia correu bem, foi melhor do que esperava, afinal foi o primeiro dia de um novo trabalho. A neura surgiu depois que cheguei ao "barraco". Na última noite, apesar do comprimido para dormir, eu não dormi. Acordava de hora a hora, sempre cansada, sempre com medo de não acordar a horas. É sempre assim, quando tenho que começar uma nova etapa da vida, não durmo nos primeiros dias, até que o meu relógio biológico se aperceba, que tem de seguir o ritmo, sem stress. Não bastasse eu não ter dormido, depois que cheguei a casa, stressei de vez. O sono, o cansaço, fazem com que só me apeteça sossego e paz, e claro eu não tenho isso nunca. E hoje, esta família parece possuída por uma vontade de fazer barulho, de gritarem, de andarem o tempo todo a saltar de canal em canal, com a televisão, com o som num nível que não é normal. Ou então, sou eu que com o sono, estou rabugenta. E agora vou dormir, a ver se consigo descansar. Só não sei como é que calo este pessoal barulhento... acho que vou boicotar as televisões... e por fita cola na boca a todos... Depois, noutro dia, com mais entusiasmo falo do meu trabalho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:29

A rede...

por Dona das Chaves, em 01.07.08

A noite estava calma e serena. Ele passou o repelente de insectos no corpo e foi-se esticar na rede supensa debaixo da árvore do jardim. Fechou os olhos, e deixou-se levar pelos pensamentos. Não demorou muito a ser surpreendido no seu descanso. Ela apareceu, com dois copos na mão e perguntou-lhe se alinhava... Acedeu, a noite estava agradável e uma bebida vinha a calhar. Ela estendeu-se na espreguiçadeira ao lado e a conversa estava a cair para o cómico, estavam os dois a dizer piadas, sem graça por vezes, mas a bebida ajudava ao riso fácil. Acabadas as bebidas, ela levantou-se, pegou nos copos para os levar para dentro. Ele perguntou-lhe se ainda voltava. Ela sorriu, e o seu sorriso maroto, fê-lo compreender que seria melhor permanecer por ali e aguardar o que se iria seguir. Ela voltou, tinha passado repelente no corpo, e vinha preparada para ficar ali um bom tempo. Sentou-se na rede ao lado dele e deu-lhe um beijo longo. Ele estava preocupado que a rede não ia aguentar com os dois. Ela, sabia que a rede aguentava ainda um peso muito superiror ao dos dois e continuou a beijá-lo lentamente nas orelhas e no pescoço. Desapertou a parte de cima do bikini, e acabou por despir o restante. Sentou-se sobre ele e puxou-lhe a t-shirt para cima, deixando-o com o seu corpo bronzeado á mercê dos seu lábios sedentos dele. Continuou a beijá-lo, recebendo dele os beijos mais quentes que conhecia, as mãos dele deslizavam pelo seu corpo em suaves massagens que a faziam por vezes arrepiar em ondas de prazer. Ela desapertou o fio que lhe apertava os calções... A noite estava apenas a começar...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:45


O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa apenas aquilo que aqui for postando, dia a dia, ou à noite, tanto faz...Como só tenho um neurónio disponivel, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Julho 2008

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D