Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Este país...

por Dona das Chaves, em 29.10.10
... fez um salto de Bunjee Jumping... agora resta-nos esperar para ver se o elástico nos traz de volta para cima, ou se parte e  nos estatelamos directo no chão. O FMI que venha rápido, pelo menos vamos ver estes políticos de chacha a pagar a crise tal como todos os contribuintes. Pelo menos vamos saber de que forma a crise é paga, e como. Só gostava que a vinda do FMI servisse também para os eleitores perceberem quem realmente são os candidatos ao poder nas próximas presidenciais e legislativas, é que o panorama não se afigura nada bonito, e isto será mais uma troca de moscas, porque a m-r-@ continua a mesma.
(há palavras que deveriam ser escritas a maiúsculas, mas que eu escrevi propositadamente em minúsculas dado o valor que têm no panorama actual)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:12

Um artista do caneco...

por Dona das Chaves, em 21.10.10
Este gajo que nos desgoverna, o Sócras, é um artista do catano... ele é os submarinos que o outro comprou, ele é a porra do défice que os outros ajudaram a fazer crescer, ele é o rating que as agências nos atribuem por culpa dele, ele é a crise que iremos pagar, do caviar que comeram, o IVA, mais os outros impostos, e o resto que não me lembro. Mas o gajo é tão artista que já conseguiu que na França ande tudo do avesso, uma greve de tamanho gigante, jovens nas ruas a destruir, falta de combustível, ciganos mandados borda fora. Pior ainda, uma crise de tamanho astronómico em Espanha e na Grécia, também foi obra deste artista. Agora em Inglaterra vão despedir 500.000 funcionários públicos, e parece que outros tantos no privado vão seguir o mesmo caminho, além de variadíssimos cortes orçamentais, até mesmo ao nível das  forças armadas, tudo obra do Sócras. Ena pá que artista que assina tanta obra, ele é o culpado de tudo, não é?
Estamos mesmo em crise, é verdade, e não iremos melhorar, mas estamos só a matar o mensageiro. Não retiro culpas a este governo de forma alguma, agora que isto já é crónico, e já vem de outros tempos, isso é verdade. Se noutros tempo se tivessem iniciado reformas profundas em vez de roubarem, hoje perante a crise mundial, estaríamos em melhor posição na grelha de partida para sair deste buraco. Para que é que serviram o raio dos submarinos? Não nos vão tirar do fundo, muito pelo contrário... para que serviram 15 Pandur? Duros vamos nós ficar com o aperto que vamos sofrer. Para que foi a ponte Vasco da Gama, se o trânsito na 25 de Abril continua o mesmo, e já querem mais uma travessia para o TGV? Não foi só para a Expo 98, eu sei que há pessoas que tem de passar por lá, porque trabalham daquele lado, mas se tivessem estudado melhor as coisas em termos de alternativas e de futuro não teriam tomado outras opções? Não, é óbvio! Porque já pensavam no novo aeroporto aqui deste lado, qual OTA qual carapuça... E assim nestas e noutras tretas, mais as regalias, mais os roubos à descarada da classe política nos vamos afundando, em vez de tentarmos melhorar. Mas isto não vem só de agora, outros Sócras já ocuparam a mesma cadeira... e sei que muitos se seguirão, para mal do nosso futuro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

..........

por Dona das Chaves, em 19.10.10
Estou danada, irritada, para lá de pior que urso! Odeio ser usada, odeio que o meu tempo seja tomado como se eu não existisse para além das tarefas que tenho de fazer para que os outros tenham tempo de lazer, enquanto eu me f#-o a trabalhar, a varrer, a lavar tachos, a passar a ferro, mesmo depois de 8 horas de trabalho stressante. Eu sou um ser humano, que pensa, que se move, e que tem direito a descanso como toda a gente! Estou cansada de ser empregada doméstica por obrigação, de ser comandada como pau para toda a obra, como bombeiro para salvar todas as aflições. Não sou uma egoísta, que não ajuda ninguém, mas não usem o meu tempo todo como se eu fosse um robot, como se eu tivesse obrigação de andar com a vida dos outros nas minhas costas. Não façam depender de mim as vossas vidas, tomem a obrigação de as levar em frente sem dependerem de mim. Eu não sou um saco de boxe, eu também gosto que alguma vez alguém me faça o jantar, até porque eu não sou de por defeitos nos cozinhados do outros... De vez em quando também podiam por a minha roupa a secar, em vez de deixarem sempre a deles para eu por a secar, e ainda me chatearem se não estiver seca... Pois é... estou cansada, e a minha vida está dependente de muito pouca coisa para poder voar, mas até lá terei de aguentar ou rebentar as paredes que me prendem mesmo à força.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:32

As doninhas fedorentas e a prenda de Natal!

por Dona das Chaves, em 14.10.10
Para prenda de Natal vou querer uma máscara de gás, de oxigénio, ou lá o que é… já não se aguenta este fedor no ar de cada vez que certos motoristas fedorentos entram neste escritório. Será necessário afixar no placard dos motoristas um cartaz com as razões pelas quais se deve tomar banho regularmente e vestir roupa lavada? Ou afixar em letras tamanho elefante na entrada da empresa uma escritura a dizer:

1. O banho não estraga a pele!
2. A água não morde!
3. Tomar banho é saúde!
4. Roupa lavada é Higiene!
5. A empresa tem duche, e não custa dinheiro.

Caramba, será que não têm nariz para ver o fedor que emanam? Ou o mau cheiro já está tão entranhado que nem notam? Imagino que quando estão a caminho de casa, à sexta-feira, ainda a 40 km de casa, as esposas sentem a presença deles a aproximar-se e dizem para quem está ao lado delas:

“_ Vá, avia-te e põe-te andar, que ele está ali na zona de Aveiro, temos que dar tempo para a cama arrefecer…!”

Começo a ficar verde de cada vez que um destes tem de vir carregar aqui, e trato de ter logo tudo preparado para que estejam o menos tempo possível dentro de escritório, mas por vezes eles chegam ainda antes de eu imprimir os documentos, e acabam por deixar o fedor a emanar no ar, ou então pegam nos papéis e ficam parados a olhar para os mesmos e a fazer “contas de cabeça”, enquanto eu conto o tempo para que desapareçam rapidamente para eu abrir as portas e janelas para arejar o escritório, antes de morrer intoxicada.

E depois há também aqueles dias em que me apetece sinceramente mandar… pois, melhor não referir, mas lá que odeio preencher papelada manualmente, isso odeio… tem dias que não é fácil trabalhar aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:53

Idiota... eu...

por Dona das Chaves, em 03.10.10
O neurónio foi de férias e não me avisou... acabei de bloquear uma conta, em vez de ir ver a pergunta de segurança de recuperação da password... agora vou ter de telefonar amanhã, para repor as coisas e aceder ao que quero, quando precisava de ver as coisas agora... ele há dias... e este só começou há pouco mais de uma hora. Melhor ir dormir, que já só estou a fazer caca...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:17


O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa apenas aquilo que aqui for postando, dia a dia, ou à noite, tanto faz...Como só tenho um neurónio disponivel, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2010

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D