Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Mais do mesmo...

por Dona das Chaves, em 23.01.11
Até agora não vi nada sobre as eleições, já sei quem ganhou desde a semana passada. Jogar wii, é bem melhor. Em todo o caso, se não era para mudar nada, porquê gastar dinheiro nestas eleições? Se era para ficar igual, poupava-se uns bons milhares aos contribuintes. Só posso dizer que os portugueses gostam de ser enganados, roubados, e explorados. Mais cinco anos, que não serão certamente do mesmo, serão sim piores. Com a tendência que os portugueses tem para a desgraça, já se sabe como vão ser os resultados das legislativas, e portanto volto a repetir, não vale a pena haverem eleições, é melhor fazerem a eleição directa  do P. Coelho, até porque se passará o mesmo que nestas eleições, as sondagens dizem quem ganha, logo os que não votam nesse,  nem se dignam ir à mesa de voto, porque se já ganhou, ir lá porquê? Depois é ver a sorte dos candidatos, que o pessoal dos inquéritos só liga para os que votam no mesmo... Engraçado que há telefone cá em casa há perto de 30 anos, e nunca ligaram para cá, será porque somos do contra. Assim acredito que as sondagens são mesmo forjadas. As sondagens, servem para que os que não pensam votar no suposto vencedor, não irem votar, o que faz com que acabe mesmo por ganhar. Porque se os que ficam em casa à espera que os outros vão lá votar por eles, votassem, de certeza que os resultados seriam outros de certeza. Estas eleições e o seu resultado, são um convite à corrupção, à fuga aos impostos, ao atropelo aos direitos dos cidadãos, e o continuar de situações como o saque do BPN, que todos andamos a pagar, e que dará em nada, apenas servirá para arrastar o processo no tribunal, e mais dinheiro gasto aos contribuintes, dando tempo a O.C. de já ter idade muito avançada, e doenças que não permitam a sua condenação e subsequente prisão, para além de todos os amigos dele e de Cavaco, que já tem o dinheiro em paraísos fiscais, se safarem a rir, do povo que paga o caviar que eles comem.
Somos um país de marinheiros, mas mais parecemos um país de peixes, que os peixes é que só tem memória de 6 segundos... Tenho pena, de não ter conseguido fazer a diferença com o meu voto, mas pelo menos tenho a consciência tranquila, apenas irei lamentar sofrer na pele a má escolha destas eleições por portugueses com memória curta...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:17


2 comentários

De Jorge Freitas Soares a 24.01.2011 às 09:16

Um país de marinheiros a navegar à deriva.. e o mais engraçado é que os passageiros estão-se nas tintas...

Boa Semana Xana

Jorge

De blue eyes a 27.01.2011 às 22:17

Os passageiros vão com a maré...
:)

Deixar posta de pescada



O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa apenas aquilo que aqui for postando, dia a dia, ou à noite, tanto faz...Como só tenho um neurónio disponivel, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D