Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


No gume da espada

por Dona das Chaves, em 03.03.08

Tantas vezes me pergunto porque o fizeste, outras tantas porque aceitei o teu pedido? Achei que ia lidar com isso como gente grande, e afinal os fantasmas estavam cá todos, à espera de um deslize. Fizeste despoletar o cadeado que mantinha o alçapão fechado. Uma vez aberto, saíram para me perseguir, não me deixando mais, fazer uso da razão. Perdi todo e qualquer discernimento no que a ti, diz respeito. Voltei a ter medo de mim, não de ti. Perdi-me, não sei que terreno pisar. Fujo, dos meus próprios pensamentos, não vá eu cometer uma loucura, porque há momentos... não sei quem me põe travão, provavelmente o meu Anjo. Não sou de cometer loucuras, mas tu, consegues fazer-me perder a noção do que posso, ou do que devo fazer... As mágoas da dor que senti, os medos com que fiquei, os erros que cometi, o amor que senti (sinto), são esses fantasmas que soltaste. Fizeste de mim, o que sou hoje, mulher, mas também criaste em mim, um lado oculto, que me prende a liberdade... estou presa dentro de mim mesma, possuída por todo o tipo de sentimentos, não sei se fujo, se me deixo andar...
Estou no gume da espada, se fico inerentemente irei cortar-me, se salto vou mesmo cair!
Que fazer: saltar, arriscar estampar-me, ou ficar e aguentar as feridas? Por vezes penso que é melhor saltar, arriscar o precipício?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:21


4 comentários

De Jorge Freitas Soares a 03.03.2008 às 22:56

Olá Xana

É preciso ter cuidado com os nossos fantasmas, se os deixarmos eles tomam conta de nós, ... temos que ser nós a tomar conta deles.
Ninguém consegue viver no fio da navalha para sempre há alturas na vida em que é melhor darmos um passo atrás para ganharmos impulso e conseguirmos dar o salto... para lá, para o outro lado, donde os fantasmas não nos consigam alcançar.

Beijinho amiga.
Jorge

De blue eyes a 03.03.2008 às 23:28

Obrigado.
Um dia eles serão encerrados numa masmorra, da qual não voltarão a sair, basta que a chave fique comigo. O segredo está em ficar com a chave, não a deixar noutras mãos. E o salto eu dou, só preciso de tempo.
beijinho

De soprodavoz a 05.03.2008 às 00:07

hummm acho que não vais querer sugestões minhas, sou a coisinha mais ridicula a dar conselhos... mas adorei o que escreveste. Sinceramente saltava, mas...
beijokas

De blue eyes a 05.03.2008 às 01:24

Acho que irei mesmo encerrar os fantasmas, e guardar eu a chave.
bjks

Deixar posta de pescada



O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa apenas aquilo que aqui for postando, dia a dia, ou à noite, tanto faz...Como só tenho um neurónio disponivel, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2008

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D