Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Para este Natal:

por Dona das Chaves, em 24.12.11
Este ano reforço aqueles que foram os pedidos de 2007, substituo aquele que foi o número 6, acrescesnto um muito importante o 10, e portanto Pai Natal eu quero:


1 . Melhor trabalho, que estou mais que farta de ser tratada como um robot,

2 . muita saúde, que as minhas tendinites andam assanhadas por tanto esfregar e limpar viaturas,

3 . harmonia aqui para o manicómio, estou farta de gerenciar esta casa de doidos,

4 . saúde para o meu Elvis, afinal é um gatarrão com 13 anos, e já entrou na terceira idade dos felinos,

5 . Paz, para todos, ok, pura utopia, eu sei, mas não custa tentar,

6 . Felicidade para mim, que bem a mereço.

7 . Paz e muito amor para todos os amigos e leitores bloguistas,

8 . que o próximo ano seja bem melhor, mas mesmo assim o pior de todos os que se seguirão.

9 . que todos os animais tenham um lar, comida e muito mimo como os meus tem.

10 . mudar para o meu apartamento definitivamente

11 . bem tudo o resto fica por tua conta, que eu sei que tu sabes fazer as coisas...

E para todos os que passam aqui para ler as loucuras do meu neurónio:


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:48

Tempo para sorrir

por Dona das Chaves, em 20.04.09
O tempo decorreu, o tempo segundo dizem tudo cura. Parece ser verdade, passado algum tempo ela já se sente muito melhor, está mais animada, e já começou a dar uns passos em frente. Afinal, de nada adiantava o mal estar que sentia, não ia resolver nada e só a estava a martirizar mais, ele não valia o sacrifício. Agora ela percebe que só saiu a ganhar. Está mais forte, mas decidida, e agora mais que nunca sabe onde quer chegar, e onde pode chegar. Agora tem a certeza de que é uma mulher forte e bonita, muito bonita por dentro, (e por fora, pelo que ouviu recentemente). Ela cresceu, já não se deixa encantar com sorrisos e promessas. Fez amizades, algumas nem duraram mais que o tempo que levou a dizer não, que não está interessada em ter namorados, e isso não se podem contar como amizades. Outras, ficam, valem pelo respeito que se tem pelo outro, valem pela amizade que pode ir crescendo, pelas conversas tolas, pelas risadas de satisfação e valem pelos sorrisos que provocam, pelos sorriso que ela consegue provocar. Ela não está no mercado, diz ela. Agora é mais difícil ser conquistada, porque criou uma carapaça que a protege, quase impenetrável. Sabe que um dia, vai abrir a guarda, mas não para já, ainda tem alguns cacos para juntar. Quem sabe ela abre a guarda se a ajudarem a juntar os cacos, pensa ela quando lembra o dia anterior... recua um pouco no tempo, e lembra-se que terá de aprender a portar-se menos bem... afinal porta-se bem demais... Solta uma gargalhada interior e um sorriso enorme abre-se no seu rosto, mas fica com dúvidas se voltará a acontecer, voltará ela a ter um dia assim? Tudo pode acontecer, ela não sabe, vai deixar correr ao sabor do vento, vai deixar que o tal tempo que tudo cura, também possa ser o tempo dela, o tempo para ser feliz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:43

A primeira vez.........

por Dona das Chaves, em 15.09.08
(imagem retirada da internet, não foi a "mini-pirata" que desenhou)


O ano lectivo já arrancou, e com ele a "mini-pirata de trazer por casa" foi por arrasto para a escola. Passaram seis anos desde aquela manhã em que eu levei a minha irmã que não parava de fazer xixi ( versão dela para as águas rebentadas, lol) para a maternidade. Isto foi a 21 de Agosto, mas foram seis anos rápidos. Mas a "pirata" sai à mãe e à tia... no primeiro dia já arranjou inimigos de "estimação", pois um "pirralhito" mais pequeno que ela, chamou-lhe feia. Só que ela não é totalmente como a mãe e a tia, não vai de modas e já foi fazer queixinhas à professora... no primeiro dia... isto promete... Mas um amigo mais velho, do ano a seguir, sem papas na língua vai de dizer ao outro miúdo que a tinha de deixar jogar à bola, senão a professora zangava-se com ele, porque ela tinha de aprender também. Sempre quero ver onde isto vai parar, a partir de amanhã está sozinha, por conta dela, os outros meninos que frequentam a ama têm aulas de manhã, ela e a amiga M. de tarde. Vai ser giro, ela é eléctrica, e não costuma levar desaforo para casa, costuma dar troco, hoje deve ter sido excepção. Acho que a minha irmã irá ser chamada à escola, mais que as vezes necessárias para as reuniões normais de turma... A ver vamos, mas está crescida a "cria de Bin-laden"... Sou uma tia orgulhosa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:00

Até quando....?

por Dona das Chaves, em 23.06.08

Tudo tem um principio, um desenrolar, e um fim! Tudo tem uma razão para começar, mas para terminar também. Parece-me que a "vida" de um blog, será uma dessas coisas, tem um inicio, um desenrolar e um culminar. A sua duração pode ser mais ou menos longa, como a vida. Eu apenas queria escrever, dar a ler as minhas ideias, as minhas maluquices, forças e fraquezas quando iniciei este blog. Já se passou mais de um ano, muito já consegui deixar escrito, alegrias, tristezas, parvoíces, pensamentos profundos ou nem por isso. Estou agora numa fase, que não ata, nem desata, simplesmente tá-se. As ideias que porventura se afloram ao pensamento deste único neurónio durante o dia, esfumam-se com as horas, não ficando qualquer vestígio da pujança com que surgiram. Vou tentar, não acabar por aqui, no entanto, parece-me que é assim que começa o declínio, com a falta de textos, a falta das palavras que trazem as pessoas até este espaço. Se este espaço se quedar nos próximos tempos, deixo a garantia de continuar a meter o nariz onde normalmente costumo fazê-lo, nos vossos blogs, e claro continuo a comentar, umas vezes, eu própria, outras quem sabe, enviando a cabra, que alguns de vós já conhecem. Tudo dependerá, do teor dos posts e claro de quem estiver encarregue da utilização do neurónio, eu ou a cabra. Agradeço a todos que costumam passar aqui e ler as minhas palavras, e prometo tentar revigorar este espaço, mas não é garantido que o consiga fazer. Pode ser apenas um momento de pouca actividade do neurónio que deu asas a este blog, pode ser do calor, mas pode ser ferrugem na engrenagem do mesmo, e isso é mais difícil de remover. Tudo tem o seu tempo, vamos ver o tempo que tem o meu blog...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:24

Azar de termos quem nos quer dar sorte...

por Dona das Chaves, em 03.06.08

Ele há dias que as coisas até que não estão nem bem, nem mal. Simplesmente estão! No entanto há coisas que tem o condão de nos porem mal dispostos. De cada vez que abro o meu e-mail, tenho montes de mensagens daquelas que ninguém gosta de receber, e não falo de publicidade, que essas a gente habitua-se e apaga-as na hora. São as mensagens enviadas pelos amigos, com um apelo do tipo _ quero ver o teu sorriso_ Ok, é de um amigo, até pensamos que vamos ler qualquer coisa gira, ou que vamos ver umas imagens engraçadas, e eis senão que nos sai de brinde aquelas mensagens de corrente. Grrrrrrrrr, eu odeio, e fico pior que estragada quando vou abrir e me sai uma corrente a pedir para reenviar para não sei quantos amigos, que não quebre a corrente ou vai ter 100 anos de azar. Pois, azar já eu tive por ter amigos que me enviam mensagens destas, azar já eu tive por perder tempo a abrir a mensagem. Quase sempre apago directamente, por vezes algumas envio para amiga(o)s pelo seu conteúdo, não por serem correntes ou algo do género, e faço o envio com Bcc, cópia oculta, quando a envio para mais que uma pessoa, para evitar que os mails de cada um sejam utilizados para fins como estes ou outros que nós já sabemos quais. Se evitarmos espalhar os mails dos nossos amigos, bem como o nosso, estamos a evitar receber spam, nas caixas de correio electrónico. Hoje estava a esvaziar a minha caixa de correio, de todo o spam, e de todas as correntes enfadonhas que só me enervam e percebi que só num mês tinha mais de 100 e-mails com coisas sem conteúdo e correntes e apelos de salvar criancinhas que supostamente já desapareceram mais de 100 vezes, de casas de pais diferentes. Ora tenham dó! Quando receberem este tipo de mensagem, tentem perceber, que em quase 99,9999% dos casos são mensagens falsas que só querem e servem para vos pescar o e-mail. Como já referi, já é azar suficiente receber estas mensagens, quanto mais a dizerem que se não reenviarmos vamos ter azar pela vida toda. Pois eu já devo ter o meu Karma carregado de azar por quebrar as correntes e não reenviar, que a minha caixa de correio variou e não me deixou apagar as mensagens. Enquanto apagava duas de cada vez, portou-se bem, quando comecei a seleccionar todas de seguida para me facilitar a limpeza, variou, e das outras vezes que tentei, também. Ora digam lá, já não me basta ter a caixa cheia de tralha, como ainda tenho o azar de não me conseguir livrar disto quando quero! É o que dá, ter amigos que se lembram de nos querer dar sorte... Azar é que isto também serve para com tanto e-mail divulgado perpetrar aquilo que os hackers mais gostam, espalhar virús e outras maleitas, isso sim uma azar do car#lh#...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:07

O Blue Eyes fez um ano!!!!

por Dona das Chaves, em 22.04.08

Pois é o meu blog fez um ano! Um ano da minha vida, com alegrias, tristezas, tal como a própria vida. Amigos, foram chegando, e fazendo deste espaço o que hoje é, uma porta aberta para o mundo, para quem queira entrar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:12

Por detrás das visitas...

por Dona das Chaves, em 12.04.08
Eu não gosto de alguns mistérios! Não, nos que dizem respeito, à minha figura. Porquê eu? Eu sou tão transparente, porque não serão os outros comigo? Será errado ser assim? Este blog, é um espelho de dias alegres, outros nem tanto, de dias inspirados, de dias com sol, com chuva, ou dias mais dedicados ao coração ou aos problemas com o coração. A minha escrita tem muito de mim, mas também tem os dias da fantasia, caso dos posts eróticos, que quase sempre são inspirados em alguém... ou dos poemas que geralmente saem do fundo da alma. Claro que há os dias da indignação, os da parvoíce, mas faz parte. Há os dias não, e os dias assim, assim. Gosto do meu blog porque sempre gostei de escrever desde muito cedo, (aí pelas oito da manhã) lol, e porque escrever é uma extensão de mim mesma na ponta dos dedos. Nunca pensei que este espaço chegasse onde chegou, tinha a sensação que o que escrevia, não era lido por ninguém, mas as coisas foram acontecendo e hoje posso dizer que estou satisfeita por ter criado este blog. Está quase a fazer um ano, e neste ano, lendo o que foi escrito dou conta que "cresci". Amigos, foram chegando alguns, dos quais só conheço pessoalmente duas pessoas. Há os que comentam as minhas escrituras, e que me "recebem" nos seus blogs, de quem sou fã, e depois há aquele amigo que só conheço da blogosfera e do messenger, com quem converso muito e me rio outro tanto. Não enuncio nomes, cada um sabe de quem falo e sabe que sou sincera no que aqui escrevo. Já é um vicio, e já é quase como uma família da qual queremos sempre saber se estão bem! O facto de não nos conhecermos pessoalmente não invalida que não queiramos saber uns dos outros, e prova disso, são as visitas aos blogs amigos e os comentários que fazemos. Obrigado, a todos que me visitam frequentemente neste espaço, que comentam, ou nem por isso...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:52

dia do pai

por Dona das Chaves, em 19.03.08

Uma imagem vale por mil palavras! Que todos tenham um dia feliz!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:36

Gatos

por Dona das Chaves, em 25.02.08
Façam favor de ir aqui, porque o post de hoje é dedicado à minha paixão por gatos, e porque eu dizia que a maioria dos homens não gosta de gatos. O Jorge com este post mostrou que homens e gatos também pode ser amigos. Não que eu não soubesse de muitas histórias de homens e gatos, mas o facto de conhecer tantos que abominam estes seres, levou-me a crer que homens e gatos não se afinam. Fica o exemplo do Jorge, e bem haja a todos quantos gostam de gatos. Obrigado ao Jorge pela dedicatória. Vá, agora vão lá ver, já, é uma ordem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:14

Feliz Natal!

por Dona das Chaves, em 24.12.07
Um Natal cheio de Paz, Amor e muita Saúde, em muito boa companhia.
Este é o meu desejo de Natal para todos os amigos deste meu espaço, e para aqueles que possam por cá passar.

RecadosAnimados.com



Os gifs mais lindos de Natal & Ano-Novo em

RecadosAnimados.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:21


O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa apenas aquilo que aqui for postando, dia a dia, ou à noite, tanto faz...Como só tenho um neurónio disponivel, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2015

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D