Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ele voltou...

por Dona das Chaves, em 13.02.09
(imagem surripiada do blog do Sr. João Palmela)

Voltou o sol. Que bom! Estava tão farta de tempo cinzento, tão farta de humidade... Tal como eu acredito que muito mais gente estaria também farta deste tempo. De certeza que se continuasse a chover, com tanta humidade no ar, haveria muita gente a ganhar caruncho nas axilas, e teriam cogumelos a nascer debaixo das unhas dos pés... Agora percebo porque os nórdicos se suicidam... Ficam sem pilhas e ainda por cima cheios de fungos, daí que percam o interesse em continuar à espera que regresse o sol.
Já posso meter o edredon a apanhar sol, para matar os piolhos, e as pulgas que saltitam em corropio, à vez, como numa montanha russa. Amanhã, dormirei descansada depois de arejar a casa... e as ideias...
Entretanto nos USA, depois da eleição de Obama a máquina americana já funciona. A máquina da conspiração está em força, e já começam a haver desistências nos cargos indicados, ou anteriormente pretendidos por alguns republicanos e democratas... Resta saber porque realmente desistem, porque a desculpa de não concordarem com algumas medidas, é de todo esfarrapada, afinal depois de toda a euforia da eleição, com o mundo em suspenso com a mais que sabida vitória do primeiro presidente de origem negra na América, era mais que natural que muitos quisessem tacho neste governo... Muito ainda está para vir, e Obama não terá a tarefa facilitada, afinal de contas ainda há muito conservadorismo escondido na política americana e muito quem queira ver Obama sair de lá tão depressa como entrou, nem que seja ao género Kenedy... para além dos interesses escondidos, do interesse em manter todas as guerras no médio-oriente... e claro, este novo presidente é um empecilho à venda de armas para o médio-oriente, e para os interesses no petróleo, entre muitas outras coisas que por lá existem... e tudo isto sou eu a falar, que nada percebo do assunto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:24

Oh, mar salgado, quanta da tua água...

por Dona das Chaves, em 02.02.09

Ando com saudades dos meus passeios à beira mar. Desde que iniciei este trabalho, não voltei a ter tempo para ir pisar a areia molhada, molhar os pés na água salgada, fugir da rebentação das ondas. Durante o Verão nem fui à praia. Depois, veio o horário de Inverno e a situação ficou ainda mais complicada. Os dias tornaram-se pequenos, até demais. Saía do trabalho, e pouco depois de estar em casa era noite. Aos fins de semana, não gosto muito de ir para a beira mar, geralmente estão muitas pessoas e eu gosto da praia só para mim. Egoísmo puro, eu sei, mas adoro a praia praticamente deserta, poder caminhar pela beira da água, sem tropeçar em ninguém, sem que seja olhada de lado, só porque em pleno Inverno ando descalça com os pés na água. Adoro a comunhão dos meus pensamentos em liberdade com a música das ondas que me beijam os pés. Nada me acalma mais, que esta relação de amor que eu tenho com o mar, e que me está a fazer falta, não, que não tenha as ideias em ordem, não, que a vida esteja do avesso, antes pelo contrário, mas talvez o sangue que me corre nas veias, tenha uma mistura de água do mar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:32

Os sapatos..

por Dona das Chaves, em 07.06.07

Hoje, fui com a minha irmã, a uma superfície comercial, para "dissipar" as merdas da vida (pelo menos eu, que ela foi para passear). Nada de anormal, não estivéssemos quase no Verão, e os únicos sapatos que tenho a condizer com a roupa que tinha vestida, não fossem umas lindas sandálias de salto em cunha, que desde que as comprei, há 4 anos, me mordem os pés... Pois, mas como não devo nada á inteligência, e não estava assim tanto calor, pensei, não me vão inchar os pés, e resolvi calçá-las. Os Primeiros cem passos, foram, normais, depois começou a tortura. Após uns momentos em cima dos saltos, e como não incharam os pés, começaram a friccionar na zona do dedão, e a apertar, tanto nos dedos, como na planta do pé. Tinha decidido, que iria comprar uns novos sapatos, mas com bolhas nos pés, experimentar sapatos é idiotice, porque todos apertam nessa zona. Então foi um andar de sapataria em sapataria, á procura, até ter o bom senso de desistir de comprar os tais sapatos de Verão, com salto, tipo Cinderela. Acabei numa loja Viva, passo a publicidade, a comprar umas alpercatas azuis, que "ficaram a matar" com as blusa preta e calças brancas que trazia vestidas...lol. Só que a aventura dos sapatos não fica por aqui, comprei as ditas alpercartas e calcei-as na hora, saí da loja e fui embora para o carro. Ao entrar no carro, diz a Minha irmã:

- " Os sapatos estão rotos...."
Espanto, olho para os pés, e a alpercata esquerda, quase toda rota, a descoser do lado de fora. Merda!!!! É preciso ter sorte, até para comprar sapatos... Lá fui eu á loja, para trocar os sapatos que tinha comprado 10 minutos antes.... cor de rosa desta vez, porque não havia mais azuis...
As sandálias, essas vão para o canto, porque desde que as comprei, que tento por todos os meios, que não me magoem os pés, mas não consigo, apertam tanto, que até o cérebro se sente apertado. Tenho verdadeira paixão pelas mesmas, são lindas, e mesmo compradas há 4 anos, estão muito actuais, só que, é como tudo nesta vida, aquilo que amo verdadeiramente, nunca permanece....
Mas com umas "solhas" destas.... não há sapato de "coiro", quanto mais de cristal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:41


O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa apenas aquilo que aqui for postando, dia a dia, ou à noite, tanto faz...Como só tenho um neurónio disponivel, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2015

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Posts mais comentados



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D