Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

13.Jun.09

.............

Dona das Chaves

Ela não está totalmente bem, mas está muito bem. Agora as coisas que passam vezes sem conta na sua cabeça, já não são as mesmas. Agora as coisas tem mais que ver com os laços familiares, e com a sua família de ambas as partes, pai e mãe. Nunca entendeu e nunca entenderá, porque é que teve que nascer de duas famílias, tão semelhantes entre si... De nenhuma das duas, ela pode dizer que seja uma família. Não é só pelo facto de entre cada uma não se darem uns com os outros, como são invejosos, ofendem-se quando discutem e desde que nasceu que foi assim. Revolta-a, quase ter sofrido um ataque com uma caçadeira, ela e a mãe, por uma mentira, que o destino se encarregou de desmentir. E se o ataque se tivesse perpetrado? Hoje não estaria viva, ela e a mãe. A mãe teve de fugir com ela no colo e a irmã pela mão, e tudo sem uma razão plausível, tudo por uma inveja sem fundamento. Ainda hoje não consegue olhar bem, para a pessoa que quase causou uma desgraça, ainda hoje sofre com a inveja dessa pessoa. Porquê? É a pergunta que tanto lhe equaciona o seu cérebro, ela não tem nada que se possa invejar, porquê? Porque é que quase foi assassinada juntamente com a mãe, porque é que a pessoa contou uma mentira por inveja? Nos primeiros anos de vida, sofreu com isso, até que o destino a marcou, e a mentira foi revelada, sim a máscara caiu, e foi-lhe pedido perdão pelo erro que quase a matara. Mas isso não apaga o passado, o seu avô morreu, pediu perdão por quase ter cometido uma loucura, mas a outra pessoa continua viva e continua à sua maneira a fazer-lhe a vida negra, e sempre com sucesso...

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.