Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

08.Jul.07

...

Dona das Chaves
Odeio quando estou certa e deveria estar errada.....não que não goste de estar certa, não é nada disso. Eu gosto quando tenho razão, mas depende da situação. Nesta situação específica, não queria estar certa, queria poder estar errada.... Neste caso, ter razão, é motivo de mágoa, verificar que aquilo que pensei ser errado, afinal é correcto, nem sempre é motivo de alegria, não agora. Sei que não podemos ter sempre razão, mas quando temos, que seja em abono de algo que nos faça felizes. Ter razão quando o motivo é para nós, fonte de angústia é lixado. Depois de me ter arrependido de algo, verifico agora que as minhas convicções estavam correctas, e não havia motivos para arrependimento, o que está feito, está feito.
Sei que, isto é confuso, mas eu entendo, o misto de sentimentos que me invadem nesta altura... Por um lado, a confirmação de que algumas pessoas não são o que pensamos serem, e por outro a revolta por não termos percebido antes, por outro ainda, a incerteza de se tudo isto é correcto ou se afinal não estamos novamente errados. Mas creio estar certa, e isso magoa mais que estar errada...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.