Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

19.Jun.12

Férias... uma miragem...

Dona das Chaves

 

 

 

 

 

Estou a precisar de férias... e ainda me faltam 4 semanas e meia para lá chegar.  Até lá acho que ainda entro em parafuso. A sorte é que o tempo também não está assim grande coisa, o que ajuda muito. Este vento maluco, a mim não me dá pica para andar na rua ou passear, o que é bom para eu aguentar estar aqui a trabalhar, sem estar a pensar que podia estar na praia, numa esplanada ou simplesmente a visitar algum castelo altaneiro por aí algures.  Mas podia estar no meu sofá a ler um livro, ou a dormir uma soneca.  Ando cansada, e estar aqui a substituir o ex-chefe também não é pêra-doce. Tem dias que isto parece uma sucursal das urgências de um qualquer hospital central ou mesmo de um hospício, tais são as pressas com que toda a gente pede transportes. É tudo para ontem, no ponto mais distante deste país, ou então nos pontos mais opostos possíveis. Como é óbvio, isto não dá para acudir a tantos fogos ao mesmo tempo, nem há bombeiros por aqui, e nem os camiões usam uma sirene azul, de marcha de urgência. Tem dias que pareço a Maia, não a abelha, mas a das cartas de tarot, só a fazer e dar previsões. E tudo piora quando as coisas não correm como planeado. O telefone não pára, eu não páro, até as minhas orelhas ficam em sobreaquecimento, e necessito ligar a ventoinha do radiador para fazer o arrefecimento.  Depois do trabalho continuo em modo atender doidos. Pensando bem, até acho que vou enviar o currículo para os hospitais de doentes mentais, para uma vaga na administração. Experiência em atender gente doida e cheia de pressa, não me falta. O pior é se acabo candidata a uma vaga numa das alas com quartos disponíveis. Boa ideia, férias com quarto,  alimentação e roupa lavada de graça.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.