Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Isto é ser português

por Dona das Chaves, em 31.01.08
Por que raio querem os estudantes, que andaram a manifestar-se, educação sexual nas escolas. Que querem eles ensinar aos professoress? Os professores não saberão já tanto ou mais que eles? Lol. No meu tempo, teria feito falta a muita gente, eu não me queixo, porque mesmo sendo do campo, nunca precisei de grandes lições, tive os recursos necessários, e suficientes para não me meter em alhadas. É obvio que faz uma certa falta, mas vendo o que se vê nos jovens hoje em dia, é mesmo de se perguntar se não serão eles a dar lições aos professores.
Outro assunto interessante, é ter descoberto que o pessoal não vai à discoteca para dançar, mas para fumar. Segundo se queixam os donos das ditas, o movimento caiu para metade, o que significa que por não se poder fumar lá dentro, o pessoal não vai à discoteca. Isto leva-me a crer que só iam à discoteca para fumar e não para dançar. Temos um povo "sui generis".
Outra noticia interessante, do dia, foi o estudo de impacte ambiental do traçado do TGV, ter tido parecer negativo por parte dos técnicos que o fizeram, e o que foi feito? Novo estudo para novo traçado? Óbvio que não, trocaram os técnicos, lol. Vamos longe, e até vamos no TGV.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:58

Apanhada...

por Dona das Chaves, em 30.01.08
Ups, hoje fui apanhada pela brigada fiscal da GNR. Vinha eu meio a abrir, acabadinha de sair da lavagem automática, quer dizer o carro é que saiu da lavagem , não eu, quando vejo uma espécie de marcianos( os coletes fazem os soldados da GNR parecerem uma brigada de marcianos, lol), a fazerem sinais e um deles manda-me encostar. Ok, para mim tudo bem, é raro mandarem-me parar, mas, só na primeira vez é que fiquei nervosa, agora já é como se isso fosse o prato do dia. O agente pediu-me os meus documentos e uma deu vista geral nos selos do carro, e eu na boa, estava tudo normal... pois pensava eu... ups, ouço a pergunta:" _ sabe que por falta do selo do seguro posso autuá-la em 30€?" - Iaips, selo do seguro? Ai, não mostrei nervosismo a falar, mas as minhas mãos pareciam ter um vibrador, tremiam a remexer na papelada junto dos documentos, na busca da carta verde do seguro, e lá iam aparecendo cartas verde com dinossauros pelo meio, e eu já a pensar que a dita estaria algures perdida numa gaveta cá de casa, já a rezar interiormente a todos os santinhos e mais alguns... a bendita da carta estava mesmo atrás do porta documentos da viatura e lá estava o selo ainda por colocar. Lá me avisou que desta vez passava, e eu lá coloquei o danado do selo, por cima dos dois últimos que ainda lá andam. ( foi o meu pai que foi pagar o seguro, e como é óbvio meteu a carta lá dentro e eu depois esqueci-me de por o selo no devido lugar). Como eu sou uma gaja que dá a volta logo de seguida, não vou de meias medidas e lanço logo uma pergunta sobre a remodelação que irá acontecer com as patrulhas entre GNR e PSP, que eu sou mulher informada ora essa. Lá ouvi a explicação, e ainda antes de me por ao caminho, conto em jeito de pedido para irem ao local do crime, que mesmo junto à minha casa na na beira da estrada, quer dizer, dentro da estrada, estava desde a hora de almoço uma carrinha Ford Galaxy, parada, toda torta dentro da estrada, sem uma única sinalização, nem piscas nem o raio que a parta. E não não estava avariada, o condutor simplesmente abandonou a viatura, naquelas condições, para ir almoçar aqui na quinta do meu vizinho, que de vez em quando vem para cá com almoçaradas. E sempre que vem para cá com almoçaradas há um amigo, ou outro que deixa uma viatura nestas condições, parada dentro da estrada sem sinalização nenhuma, sim assim mesmo, sem mais nem menos. Da próxima telefono para o posto da GNR, que de nada me vai adiantar, que o vizinho é um GNR da brigada fiscal reformado, e os amigos idem aspas. Esta parte de eles serem colegas do soldado que me mandou parar, eu esqueci-me de dizer. Mas francamente, estes senhores não deviam ter outra postura? Enquanto ali está a viatura parada, quase todos os outros condutores buzinam, como é óbvio, uma viatura parada, só se dá por ela praticamente em cima da mesma, isto dura até um dia, vem um desgraçado que ou bate por trás, ou pior desvia-se para cima de outro que venha de frente. A ver vamos. E eu lá escapei, por pouco, mas parece-me que um selo em falta no vidro será um delito sem perigo para ninguém, já um carro parado dentro da estrada sem sinalização, ainda por cima pertencendo a um ex-agente da autoridade... tem muito que se lhe diga... e eu é que is sendo autuada com um mínimo de 30€... E eu é que fui apanhada...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:54

Estrela do mar...

por Dona das Chaves, em 30.01.08
Há músicas que parecem ter sido escritas para contar histórias. Esta condiz na perfeição com um marinheiro que conheci... Uma verdadeira estrela do mar.
Aqui fica a homenagem, pode ser que um dia, quem sabe, a venha a ler.

Jorge Palma - Estrela do mar





Numa noite em que o céu tinha um brilho mais forte
E em que o sono parecia disposto a não vir
Fui estender-me na praia, sozinha, ao relento
E ali longe do tempo, acabei por dormir

Acordei com o toque suave de um beijo
E uma cara morena encheu-me o olhar
Ainda meio a sonhar perguntei-lhe quem era
Ele riu-se e disse baixinho: estrela do mar

"Sou o estrela do mar só a ele obedeço
Só ele me conhece, só ele sabe quem sou
No princípio e no fim
Só a ele sou fiel e é ele quem me protege
Quando alguém quer à força
Ser dono de mim..."

Não sei se era maior o desejo ou o espanto
Só sei que por instantes deixei de pensar
Uma chama invisível incendiou-me o peito
Qualquer coisa impossível fez-me acreditar

Em silêncio trocámos segredos e abraços
Inscrevemos no espaço um novo alfabeto
Já passaram mil anos sobre o nosso encontro
Mas mil anos são pouco ou nada para estrela do mar

"Estrela do mar
Só a ele obedeço
Só ele me conhece, só ele sabe quem sou
No princípio e no fim
Só a ele sou fiel e é ele quem me protege
Quando alguém quer à força
Ser dono de mim..."

tive o desplante de trocar aqui na letra, géneros para a história condizer melhor, porque faz de conta que seria eu a co(a)ntar a música.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:09

O segredo

por Dona das Chaves, em 29.01.08

O mar beijou a terra,
A terra um segredo lhe contou.
O segredo foi guardado,
E o mar se afastou.
Consigo levou o segredo,
Para o ir entregar,
Onde a terra lhe pediu,
Que ele fosse beijar.
O mar te encontrou,
Numa longa jornada.
O segredo te entregou,
Numa bela carta fechada!
A carta que o mar levou,
escrita com letras de marfim,
continha um beijo carinhoso,
com amor, enviado por mim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:03

Aumente seu sexo... ah, ah, ah...

por Dona das Chaves, em 28.01.08
Mas porque cargas de água a minha caixa de correio, é inundada todos os dias de spam com publicidade a produtos de cariz sexual? Eu não preciso, vão impingir isso noutro lado. Estou muito bem com a minha vida sexual, e mesmo nunca precisei, nem para mim, nem para a companhia (epá, esta agora ficou mal, na fotografia). Por companhia eu apenas queria referir-me ao namorado, vai lá, vai, que por vezes as palavras poderão ter duplo sentido. Se eu tivesse necessitado de alguma coisa seria precisamente o contrário, em vez de alguma coisa que aumentasse a libido, o inverso, que diminuísse, e mais não digo. Desentupam lá a caixa do correio que eu estou muito bem, comigo mesma, ou começo a reenviar os mails de volta, e se algum dia necessitar de alguma coisa tenho uma sex-shop bem perto, é lá que me irei abastecer, de tudo o que precisar, e de certeza que não serão coisas para aumentar nada... Só preciso de um aumento, e não é nesse campo, é na conta bancária, que está num nível crítico. Como se o que vendem aumentasse alguma coisa a não ser a frustração de quem compra a pensar que vai ver crescer o desejo, o prazer ou o sexo, ah, ah, ah. Bem o mundo é dos oportunistas, e se calhar há por aí muita gente desesperada que cai na cena... se calhar vou oferecer-me também para vender material... e sim aumentar, mas a minha conta bancária à conta dos otários, lol.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:11

Cada dia gosto mais disto...

por Dona das Chaves, em 27.01.08
Estou-me a passar com esta m.... Instalei um anti-vírus que me baralhou esta cena toda, e agora não há contador de visitas no blog. Grrrr mas quem mandou esta cena pifar? Não sou eu que mando aqui, afinal? Já nem no que é meu consigo mandar? Ora vamos ver quem ganha a guerra?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:34

Um desejo...

por Dona das Chaves, em 26.01.08
Pink Floyd - Whish You Were Here



Para quem viaja por mares longinquos...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:50

Gaivota

por Dona das Chaves, em 26.01.08

imagem retirada da internet
http://morze.deviantart.com/art/no-journey-s-end-40813640



O meu coração voou,
qual gaivota em liberdade,
numa busca por amor,
e de alguma felicidade.

Nessa busca me perdi,
nos olhos negros, que encontrei,
não mais soube de mim,
até que acordei.

Foi um sonho que vivi,
em teus braços ao luar,
era um amor bonito,
pena ter de acordar.

Do sonho, tudo guardo,
nada quero esquecer,
desse amor que vivemos,
eterno até morrer.

Eras um marinheiro,
no mar está o teu coração,
apenas por ser ao mar,
eu perdoo essa traição.

À beira mar estarei,
se quiseres regressar
como farol que te guia,
não cansarei de esperar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:27

Epá, onde estás?

por Dona das Chaves, em 25.01.08
Bem, muito sinceramente acho que o meu cérebro resolveu ir de férias e não me avisou. Vou por-lhe um processo disciplinar, isto não se faz! Estou farta de procurar, e a cavidade cerebral está vazia. Ainda pensei que fosse uma ausência momentânea, mas encontrei uma nota, onde me dizia que andava cansado, ia de férias, depois falávamos. Que é que uma gaja faz? Sacana, não tem trabalho, não tem casa, nem família para governar e ainda se dá ao luxo de tirar férias... e eu fiquei aqui, sem cérebro para me ajudar a escrever qualquer coisa de jeito, e sem ele não posso ir de férias. Ao menos que tivesse avisado e íamos de férias os dois. Não se livra de um processo disciplinar, e depois vai ser obrigado a trabalhar o dobro pelo tempo que andou por aí a vadiar sem mim. Agora que começo novamente a pensar mudar para o sapo, e precisava da ajuda dele para me decidir é que o gajo dá de frosques, isto francamente, uma gaja já nem pode contar com o próprio cérebro. E depois há uns sapinhos tão giros a chamar por mim, ai, mas e as imagens, sei que aquilo por lá é mais complicado que aqui no blogger. Bem, parece que vou ter de me governar sem ele, até o danado resolver voltar ao local de onde não deveria ter saído sem ordem minha e sem a minha companhia... se calhar não sou boa companhia e ainda não dei por isso. Depois pergunto-lhe.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:24

Chegaram...

por Dona das Chaves, em 22.01.08
Os terroristas chegaram, e instalaram-se cá em casa. Ainda por cima com uma guerra biológica. Já contaminaram três habitantes desta casa! Eu sou uma delas! Não páro de espirrar, estou ranhosa, e quase sem nariz. As outras duas estão piores, pois já quase que iam ficando sem pulmões, de tanto tossirem. Agora digam lá se isto não é terrorismo puro e duro! Este ano, eu ainda não tinha sido apanhada pelos vírus, estava a passar despercebida no meio deles, mas tinham de vir estes terroristas para me contaminarem. Ainda por cima os gajos são feios. Arre chiça penico, que uma gaja, não pode passar um Inverno sossegado e em Paz. Isto deve ser complot das fábricas de transformação de papel para venderem mais lenços. E como não é higiénico usar os de pano, lá andamos nós a gastar papel à vara larga de cada vez que sai um espirro, de cada vez que o pingo desata a correr pelo nariz fazendo cócegas. Ai que vida esta. E eu armada em super-gaja imune aos vírus, quando os outros se queixavam, sou apanhada na minha própria casa, já não se pode confiar em ninguém, nem naqueles que partilham o nosso dia a dia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:32

Pág. 1/4



O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa apenas aquilo que aqui for postando, dia a dia, ou à noite, tanto faz...Como só tenho um neurónio disponivel, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2008

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D