Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Dário de uma mulher casada!

por Dona das Chaves, em 31.05.08
Recebi este diário no mail, lolol, ele há mulheres que nunca estão satisfeitas...

DIA 1 Celebrámos hoje o 25º Aniversário de Casamento.Tentámos reviver a nossa lua-de-mel, mas... ele não conseguiu...
DIA 2 Hoje ele contou-me o seu grande segredo:Está impotente! Grande novidade...Ele realmente pensava que eu ainda não sabia...
DIA 3 Este casamento vai mal...Uma mulher tem as suas necessidades...
DIA 4 Estou entusiasmada...Li no jornal, que há uma nova droga no mercado, que pode resolver nossoproblema.Chama-se Viagra.Ele vai substituir o Prozac pelo Viagra, na esperança que levante algo mais,do que só o entusiasmo...
DIA 5 Uma benção dos céus!!!
DIA 6 A vida é maravilhosa!!!
DIA 7 Tenho de confessar:O Viagra tem sido muito bom!!!Nunca fui tão feliz!!!
DIA 8 Acho que ele exagerou na dose de Viagra neste fim de semana...Já comecei a ficar um pouco dorida nas partes baixas...
DIA 9 Não tenho tempo para escrever... Ele pode-me apanhar.
DIA 10 Ok, admito, estou escondida!É que não há mulher que aguente tanto!!!O que hei-de fazer?Estou toda moída...
DIA 11 EU JÁ NÃO AGUENTO MAIS!!!É o mesmo que ir para a cama com uma Black&Decker!Acordei, esta manhã, colada à cama!!!
DIA 12 Quem me dera que ele fosse paneleiro.Deixei de me maquilhar, tomar banho, escovar os dentes...Mas, mesmo assim, ele vem atrás de mim.Até bocejar se transformou num perigo!
DIA 13 Cada vez que fecho os olhos, lá vem mais um ataque...Vivo com um míssil Scud! Já mal consigo andar...
DIA 14 Já fiz de tudo para ele me deixar em paz, mas não adianta...Até já me vesti de freira, mas ainda foi pior...Socorro!!!
DIA 15 Vou acabar por matá-lo...São umas dores infernais quando me sento...O cão e o gato fogem dele e os amigos... nem se atrevem a aparecer em casa!
DIA 16 Hoje, sugeri-lhe que largasse o Viagra e voltasse a tomar o Prozac...Ele quase me bateu!!!
DIA 17 Coloquei Prozac na caixa de Viagra, mas parece que não fez efeito...Lá vem ele outra vez!!!
DIA 18 O Prozac começou finalmente a fazer efeito!Meu marido passa agora, o dia inteiro sentado em frente da TV, com ocontrolo remoto na mão, à espera de que eu lhe faça tudo...
Ah! Que vida calma e maravilhosa...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:37

Volto já...

por Dona das Chaves, em 30.05.08

Não estou, fui ali já volto! Hoje não me apetece, não estou com vontade de nada! Fui apanhar ar! Amanhã poder ser que sim, pode ser que não! Há dias, ou noites em que simplesmente não...

Não há sentido no que escrevi? Paciência, nem tudo tem de fazer sentido!

Vou-vos dar um sinto!

Sinto muito mas o post termina por aqui!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:08

Televisão, que temos!

por Dona das Chaves, em 29.05.08

Quem tem só os 4 canais nacionais de televisão, se gostar de ver televisão está bem tramado. Não tem grande oferta em termos de programação, ou oferta nenhuma para ser mais precisa. Do pouco que se pode ver, são algumas séries, americanas tipo Serviço de Urgências, Lost ou CSI. O pior destes canais é que prometem, prometem, aguçam a apetite para se verem as séries e depois caput, é um eclipse que se lhes dá. Quando não andam semanas a prometer novas temporadas, repetem as já mais que vistas e gastas. Assim, não conseguem audiências. Eu gosto de ver os CSI, todos. Andaram algum tempo a prometer a 4ª temporada de CSI Miami, por sinal o que gosto mais de ver, até porque já andavam a repetir as temporadas anteriores e já começava a fartar. Lá começaram a nova temporada, e depois de cada episódio continuavam a repetir episódios das outras temporadas, que eu efectivamente não via, só via mesmo a nova temporada. Só que foi sol de pouca dura, deixaram de dar a 4ª temporada pouco tempo depois, e passaram a dar dois episódios repetidos das temporadas mais que vistas. Qual é a finalidade? Para ajudar a hora a que passam a série, é imprópria para quem trabalha ( por agora não é o meu caso), mas sinceramente os canais portugueses não querem saber de quem os vê. Querem é receitas das publicidades, e o resto é paisagem. E que dizer dos intervalos de 20 minutos a horas tardias, como se alguém ligasse pevas aos anúncios. Mais valia nesse tempo darem uma síntese das notícias do dia. Eu já não perco muito tempo a ver televisão, e se assim continua, cada vez perco menos. E não, não ponho tv por cabo, nem Meo, nem nada que se pareça, porque tempo para ver os maus canais que temos não tenho eu, quanto mais ter de pagar para ver televisão, e ter de perder tempo para a ver e compensar o dinheiro gasto. Eu quero é ver o resto da 4ª temporada de CSI, e a próxima, e continuar a ver o LOST, etc e tal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:50

Ir ou ficar?

por Dona das Chaves, em 28.05.08

Estou um bocado à nora, não sei que fazer! Estar sem trabalho não é agradável, por todos os motivos e mais alguns. Estudei, tenho formação, e no entanto não vejo luz ao fundo do túnel. Não sei que opções fazer neste momento. As coisas não estão nada fáceis. Digamos que não me posso queixar muito, até tenho algumas ofertas de trabalho, mas, são tipo trabalhar para aquecer. Isto não está fácil mesmo. Sei que como experiência, são opcões, mas que fazer quando não compensa sair de casa, porque o que pagam é menos que pouco? Tenho a desvantagem de morar um pouco deslocada, o que me obriga a usar o carro para ter de trabalhar, mais a desvantagem das ofertas serem fora de mão, o que aumenta o dispêndio de combustível. Ora, não me compensa sair de casa para ganhar 500€ e gastar duzentos e tal com combustível, mais cento e pouco com comida. O que sobra, é pouco mais que coisa nenhuma, por assim dizer. No entanto, pelas minhas habilitações tenho de fazer 5 procuras de trabalho a cada mês. Tudo bem, até faço mais às vezes! O problema é mesmo muitas vezes o dispêndio de combustível, chamadas telefónicas, para entrevistas, e depois nada, ou então são trabalhos para ganhar o ordenado minímo. Isso ganho eu do desemprego, sem ter de andar a poluir o ambiente com dióxido de carbono, para ir trabalhar. Além de que também não gasto outras coisas com o automóvel, porque as revisões ficam mais próximas se tiver de fazer 70 km diários para trabalhar. Ainda, se esta área fosse servida por transportes públicos. Sei que há quem até faça mais quilómetros para ir trabalhar, mas se calhar tem carro a diesel, ou o ordenado sempre é mais que o minímo. Não me estou a ver a gastar 200 € ou mais só para o carro, e ficar com coisa nenhuma. Assim vou conseguindo pagar as despesas, não sobra nada, mas pelo menos não me afundo, e se for trabalhar não vai sobrar para as despesas e irei afundar-me, mas continuo a precisar de trabalhar, ter uma ocupação, e sair desta situação. Caramba, que coisa, não vejo solução!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:26

No limite...

por Dona das Chaves, em 27.05.08
Eu sou portuga e basta! Estou há mais de um mês em casa, e sem grande coisa para fazer. No entanto como boa portuga que se preze deixo tudo para os finais... Seja lá o que for, guardo para o limite do tempo, das datas. Já me lixei á conta disso. Ainda há pouco tempo paguei uma coima nas finanças, por deixar para depois, o dar inicio de actividade de formadora. Antigamente podia-se ir lá depois, agora tem de se ir logo no dia, ou no dia a seguir já se paga coima e por sinal, a crise aperta também nas finanças( principalmente nas minhas), e não se contentam com menos de 50€, toma lá que já almoçaste. E se for mesmo á portuga e se deixa passar mais de um mês, a cena dobra, há sim, a crise é grande e atrasos pagam-se caro. Safei-me à justa e fiquei pela coima miníma. No entanto revolta-me que assim seja, porque não posso dar inicio de actividade hoje, se a data for de amanhã. Tem de ser no próprio dia, mas se me chamarem hoje às 19 horas, para ir trabalhar amanhã das 8 horas às 16:30 horas, como é que vou ás finanças? Na meia-hora de almoço, claro, e quem é que consegue ir às finanças, e almoçar em meia hora? Como se ir ás finanças fosse ir ali ao virar da esquina, e já está, aquilo até nem costuma ter filas tamanho combóio, e que é isso 30 minutos, dá e sobra para subir as escadas, olhar, tirar a senha, desesperar e sair a deitar fumo pelas orelhas, para ir comprar ao menos um rissol cheio de gordura e uma sandes para meter o rissol e comer às pressas, correndo o risco de engasgar, e voltar às finanças. Continuar a deitar fumo pelas orelhas, correndo o risco de ser posto na rua, por estar a esfumaçar o local ( e não pagar coima já é um pau), e ver mais pessoal a esfumaçar pelas orelhas, como eu, e a dizer impropérios a torto e a direito, como se isso fizesse os molengas dos funcionários andarem mais depressa, e deixassem de andar de papel na mão a pararem junto de cada colega, darem umas risadas, provavelmente das caras de ódio que o pessoal das filas lhes está a deitar e lá continuam no seu rame-rame, como se o tempo dos outros fosse o tempo deles, e portanto deixa andar.
Quero com isto dizer, que ou se vai lá deitar um cadito de fumo pelas orelhas, dizer uns impropérios, e fica-se sem almoço na melhor das hipóteses, ou deixa-se para o dia a seguir e o almoço já fica por 50€ mais os nervos em frangalhos, e o tempo disponível continua a ser a meia hora do almoço, porque antes das 8 horas as finanças ainda não abriram e depois das 16:30 horas já fecharam. Enfim, ser trabalhador a recibos verdes também não é fácil e nem nos facilitam a vida. Ou é hoje, ou é hoje, porque amanhã as finanças já querem uma comissão dos nossos rendimentos.
Tudo isto para dizer que ser portuga é deixar tudo para o fim, e eu que não aprendo com os erros, deixei o IRS, via Internet mesmo para o fim, ou seja, hoje. Lá me safei a tempo, mesmo na data limite, mas nem por isso estava lento ou entupiu. Espero agora que tudo esteja em ordem e correcto. Não há lugar a receber nada, só espero também não ter nada a pagar, afinal não ganhei assim tanto para andar a dar dinheiro para o Estado, do meu suor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:20

Deu "Sodade"

por Dona das Chaves, em 25.05.08
Cesária Évora - Sodade



Porque a música é linda, e porque Saudade é tão somente um sentimento que só nós sabemos dizer SAUDADE! E porque sim!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:39

Arranjem tempo para beber um café com um amigo.

por Dona das Chaves, em 24.05.08

Um professor diante da sua turma de filosofia, sem dizer uma palavra pegou
num frasco grande e vazio de maionese e começou a enchê-lo com bolas de golfe.

A seguir perguntou aos estudantes se o frasco estava cheio.

Todos estiveram de acordo em dizer que 'sim'.

O professor tomou então uma caixa de fósforos e a vazou dentro do frasco de
maionese.Os fósforos preencheram os espaços vazios entre as bolas de golfe.

O professor voltou a perguntar aos alunos se o frasco estava cheio, e eles
voltaram a responder que 'Sim'.

Logo, o professor pegou uma caixa de areia e a vazou dentro do frasco.

Obviamente que a areia encheu todos os espaços vazios e o professor
questionou novamente se o frasco estava cheio.

Os alunos responderam-lhe com um 'Sim' retumbante.

O professor em seguida adicionou duas chávenas de café ao conteúdo do frasco
e preencheu todos os espaços vazios entre a areia.

Os estudantes riram-se nesta ocasião. Quando os risos terminaram, o
professor comentou:

- 'Quero que percebam que este frasco é a vida.'

- 'As bolas de golfe são as coisas importantes - a família, os filhos, a
saúde, a alegria, os amigos, as coisas que vos
apaixonam. São coisas que mesmo que perdêssemos tudo o resto, a nossa vida
ainda estaria cheia.'

- 'Os fósforos são outras coisas importantes, como o trabalho,a casa, o
carro etc. A areia é tudo o resto, as pequenas coisas.'

- 'Se primeiro colocamos a areia no frasco, não haverá espaço para os
fósforos, nem para as bolas de golfe. O mesmo ocorre com a vida.
Se gastamos todo o nosso tempo e energia nas coisas pequenas, nunca teremos
lugar para as coisas que realmente são
importantes. Presta atenção às coisas que realmente importam. Estabelece as
tuas prioridades, e o resto é só areia.'

Um dos estudantes levantou a mão e perguntou:

- Então e o que representa o café?

O professor sorriu e disse:

- ' Ainda bem que perguntas! Isso é só para lhes mostrar que por mais
ocupada que a vossa vida possa parecer, sempre há lugar para tomar um café com
um amigo. '.

Recebi, este texto no e-mail e decidi postar no blog, porque os amigos são importantes! Obrigado, pela tua amizade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:40

Beira-mar!

por Dona das Chaves, em 24.05.08
Hoje fui dar um passeio daqueles que há muito não dava, pela beira mar. Estava a fazer-me falta, sentir o som do mar, o cheiro a mar, sentir a água nos pés, e estava tão quentinha, soube tão bem. Não havia ninguém, com este tempo só mesmo alguém como eu se aventura a ir passear na beira-mar. O mar está para mim, como os barcos para os pescadores. Faz parte! Ficam algumas chapas, porque não vou sem a máquina fotográfica, nunca se sabe quando encontramos uma estrela do mar...





Ups, e não é que as encontrei mesmo...!?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:34

Catino e Buzina!

por Dona das Chaves, em 24.05.08


Há coisas que só se tornam possíveis numa casa como a minha... O gato preto e a porquinha da índia a partilharem a erva, na mesa da cozinha... Só aqui, porque ele normalmente, não costuma partilhar nada com ela, só umas dentadinhas no cachaço, se deixarmos... São dois fofos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:27

Hoje estou assim...

por Dona das Chaves, em 23.05.08




Não sei se inspirada pelo post do Jorge, se inspirada por um anjo que me tocou, hoje estou assim, sem grande coisa para escrever!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:09

Pág. 1/3



O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa apenas aquilo que aqui for postando, dia a dia, ou à noite, tanto faz...Como só tenho um neurónio disponivel, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2008

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D