Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Férias tortas!

por Dona das Chaves, em 24.06.15

 Este ano, por contingências laborais sou forçada a estar de férias agora. O tempo até nem está tão mau assim, já esteve muito pior na segunda metade de Julho, em vários anos, que é a minha altura favorita para férias. O problema, é que por esta altura costumo estar com rinite, ou uma constipaçãozita, mas que este ano, é muito mais que uma mera costipaçãozita. Se fosse algo ligeiro, podia ir à praia, e uns bons mergulhos, e umas aspirações de água do mar resolviam a questão no primeiro dia. Acontece que da forma que eu estou, se arrisco a ir a banhos, e a estar à sombra, mesmo que debaixo de um belo chapéu de praia, vou conseguir piorar a minha situação, e posso arranjar uma pneumonia, que é mesmo o que me falta, para completar o quadro desde o acidente e a infecção do pulmão (a bem dizer desde esse dia, só tenho vindo a piorar, não só emagreci bastante, até já tenho pavor ao olhar para mim mesma, e embora me apeteça ir à praia se melhorar, tenho vergonha da minha magreza).  Como se não bastasse ainda estou sem carro, o que me condiciona muito, pois, só posso usar o carro da minha irmã, e uma vez que o trabalho dela, não vai de vento em popa, ela pode estar em casa, a qualquer dia, e necessitar de ir a algum lado. Resta-me ir para o jardim ler, ou se melhorar, ir para a piscina da minha sobrinha, molhar-me um pouco, porque para nadar, a piscina é demasiado pequena, e só com uma braçada chego à outra margem...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:34

Férias 2015

por Dona das Chaves, em 20.06.15

ferias-de-verao1.jpg

 Desde o dia do acidente que a vida não me tem corrido de modo fácil e agradável. Não bastasse a saúde ter ficado afectada, ainda não me livrei totalmente da infecção no pulmão, a tosse só aliviou com o medicamento que estou a tomar e já acaba amanhã, não bastasse a rinite alérgica, ainda se lhe juntou uma constipação daquelas que até me deixam fanhosa, já para não falar na garganta, que anda há dias a ameaçar tornar-se mais um problema. E assim até fico com o cardápio completo, ou talvez não... porque entre as correntes de ar que tenho apanhado, e o sol na "mona" nas horas de maior calor, quando no trabalho tenho de ir ao parque marcar viaturas para preparar, não me espantará se a coisa degenerar em algo ainda pior, até porque a sorte não é minha companheira! E que melhor cardápio poderia eu desejar, quando inicio precisamente hoje as minhas duas semanas de férias de Verão? Como é que nestas condições vou poder ir à praia e meter-me na água fria, ainda que a água do mar seja boa para descongestionar as vias respiratórias? Só se quiser mesmo ficar pior é que arrisco ir a banhos. E que dizer do tempo, quando a meteorologia andou a dizer que na próxima semana, este calor ia continuar e agora já vêm dizer que as temperaturas vão baixar consideravelmente, e ainda pode chover a partir da tarde de amanhã? É certo que tenho umas arrumações para fazer, mas alegrava-me ter tempo de Verão nas minhas férias, para não estranhar tanto o facto, de as ter de gozar com um mês de antecedência do habitual. É que já estou aborrecida porque só gosto de ir de férias na segunda quinzena do próximo mês, ou quando muito, na última semana de Julho e primeira de Agosto, para apanhar a minha irmã e a minha prima em Agosto e irmos acampar como costumamos fazer. E que dizer da festa de anos de uma amiga, que este ano é na praia um dia inteiro, e com jantar no mesmo local, a 28 de Julho? A ver se pelo menos me posso dedicar à leitura dos livros que tenho guardados para as férias, mas terei de arranjar forma de ir para um local calmo e sossegado, porque se ficar por casa, a minha mãe não me dará tréguas e vai querer fazer de mim o seu táxi ou moça de recados a toda a hora, como se eu não tivesse vida própria. Uma vez por outra, posso fazer um recado, ou levá-la a algum lado que precise ou a casa de uma amiga, agora fazer de táxi  e recados todos os dias nem pensar, e se me descuido é o que acontece, e depois ainda faz birra como as crianças pequenas se disser que não posso. Tenho de ter sempre um plano na manga, para poder descansar também um pouco, que é para isso que são as férias, ou arrisco a levar duas semanas de "cadeia" a cuidar dos outros em vez de mim, para isso já o faço o resto do ano, mal chego a casa depois do trabalho.  

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:50

Curuzeees....!!!!

por Dona das Chaves, em 16.06.15

Embora lá a despejar assim de rajada os últimos acontecimentos, da vida desta criatura que diz ser dona das chave: acidente a 6 de Maio, carro na oficina; hospital a 6 de Maio, dor no peito por causa do acidente, não há costelas partidas, volta a casa com medicamento para dores musculares; dias seguintes com dores enormes no peito, lado direito; uma semana e tal depois paro medicação, as dores são ainda mais, logo no dia a seguir quase deixo de ter dores... passadas duas semanas, febre sem motivo, antipirético 3 dias, visita ao sap, mais 3 dias de antipirético???; após tanto antipirético, novamente sap, pára antipirético, febre tem de ter motivo, mas volta para casa sem terapêutica... febre recomeça, obviamente... dois dias depois, hospital novamente, alguma tosse; Triagem, segue com senha amarela, após referir que lá tinha estado há duas semanas... uma hora e tal depois, nova triagem... e vai esperando... mais outra hora e tal, nova triagem??? perguntam do que me queixo... resposta óbvia, olhe não sei, já estou aqui à tanto tempo, e já é a terceira triagem, que daqui a pouco nem sei se estou aqui com alguma queixa por doença, ou se estou só ver como funcionam as urgências... assim de repente, sou chamada à sala aberta, médica de pneumologia... afinal alguém fez bem o trabalho de casa; análises e rx ao tórax, possível infecção pulmonar; passado o tempo do resultado das análises, acho que o rx ainda não tinha chegado, médica chama, e confirma infecção pulmonar, recomendação de fugas às correntes de ar... deves... então eu até trabalho numa estufa e tudo... passa a febre com antipirético, antibiótico, e algo para fazer a tosse, ser tosse mesmo, não um cof-cof tão fraco, que parece quase nada; chega resposta do seguro da outra envolvida no acidente, após um mês de insistência em saber resolução da coisa, eu sou culpada do acidente, porque perdi o controlo da minha viatura, violei o artigo não sei quantos do código da estrada...??? What, a sério??? Mesmo...??? Oh pá, e o STOP, não faz parte do código da estrada??? Violar um STOP, causar um acidente com vítimas, é o quê??? Uma proeza pelos vistos, que é o que a outra pessoa envolvida fez... E nem sei onde foram buscar a bela ideia de que perdi o controlo da viatura, porque bati na viatura que não respeitou um STOP, e se atravessou na minha faixa de rodagem, obrigando a que tentasse evitar o acidente, mas mesmo assim foi impossível, e acabei por bater na lateral da outra viatura... pois, é verdade eu violei o código da estrada... tentar evitar um acidente é violar o código da estrada, não respeitar um STOP, não... segue pedido de apoio jurídico, sem tempo de resposta certo; ok, este ano sou obrigada a tirar férias fora da minha data normal ( segunda metade de julho), portanto na próxima semana, vou estar de férias sem carro para deslocações, porque desde o acidente que ando tipo à boleia, ora um dia com o carro da irmã, ora uma manhã com scooter do pai, tarde com carro da irmã... pois só chatices... entretanto acaba remédio para fazer sair a tosse, que nunca saiu... mas sem medicamento resolveu sair, sempre manhosa na mesma, mas lá tem dado que fazer... algumas dores no peito entretanto, e agora também ameaças de dor de garganta, e as correntes de ar continuam; no meio disto há mais de uma semana um acidente de trabalho com uma aparafusadora e um parafuso daqueles que parecem uma broca na ponta, estraçalham-me o indicador da mão esquerda... que maravilha de vida que isto tem sido desde o início de Maio... então e a balança, que tínhamos feito um acordo para que ela só me desse notícias de subida do meu peso, e já quebrou o acordo e só dá notícias em contrário, logo agora que estava mesmo esbelta para o verão...  e no trabalho sobem as responsabilidades, mas comandar uma equipa de mulheres não é tarefa fácil, para mais quando uma vive com uma depressão e anda a medicamentos, mais umas coisas esquisitas, outra é uma cabeça no ar, toma as indicações todas na escada... e o trabalho só aumenta... já diz o outro da novela que a minha irmã está a ver: CURUZEEES!!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:12


O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa apenas aquilo que aqui for postando, dia a dia, ou à noite, tanto faz...Como só tenho um neurónio disponivel, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2015

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D