Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

15.Mai.12

Um filme de Hitchcok no trabalho!

Dona das Chaves

 

 

Há uma semana que no trabalho tenho a tarefa de limpar janelas espelhadas diariamente. E onde é que está o caso, se também sou a "preta" das limpezas? O caso, é que duas aves raras, narcisistas, ou com a mania da perseguição, resolveram ir todos os dias fazer uma guerrilha com a sua imagem reflectida nas janelas. Como aquela porcaria é altamente espelhada, e tem tipo 7 metros de altura por 10 de largura, e tem a meia altura uma pala na zona das portas, tem sido um caos. E pergunta quem por aqui, perde algum do seu tempo a ler o que ainda escrevo: "_Duas aves raras? Mas que raio são duas aves raras?" Pois, nada mais, nada menos que dois corvos, que se viram ao espelho e resolveram que a imagem no espelho era outro mais feio que eles e não vão de modas, é bicada, unhada, cagada, e porrada até haver sangue. Não contentes por saírem de lá todos tortos, voltam todos os dias. E para piorar, só lá vão logo pela manhã cedinho, quando ainda só lá está o segurança, que nem se dá ao trabalho de os mandar embora, e até finge que não os viu (só vê, o que não deve...). Não dou que fazer a limpar sangue e cagadelas pelos vidros, no chão, na porcaria da pala, que me obriga a ir para cima de um escadote que treme por todos os lados. E como se não bastasse o sangue seco, é difícil de sair à brava. Enfim, uma cegada do pior. Hoje não tive tempo, o trabalho de limpeza de viaturas deu para o dia todo, e como preciso de usar o escadote não tinha ninguém disponível para me ajudar, lá terei de o fazer amanhã. Um colega caçador está encarregue pela administração de os afugentar de lá, e eu espero que seja mesmo só afugentar... não quero sequer imaginar que seja de outra forma. Agora lá que os pássaros estão doidos, estão, e como estamos na época de acasalamento, são bem capazes de querer andar a bater nos vidros até derrotarem o inimigo. Como são aves com um porte considerável, e com um bico com muita força, as vidraças estão cheias de marcas que parecem pedradas e sulcos fundos riscados, das unhas. Só comigo...

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.