Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

11.Mar.08

Ponteiros

Dona das Chaves
Hoje o dia não foi grande m----. Ando desmotivada, sem vontade de fazer o que quer, que seja. Amanhã vou ter um dia preenchido, porque o que era para ser feito hoje, está em atraso. Odeio quando me impedem de realizar as tarefas que planeei, e me absorvem o meu precioso tempo com se do tempo dos outros se tratasse. Será dificil de entender que o meu tempo, sou eu (...)
16.Dez.07

Outro achado...

Dona das Chaves
O tempo passa, e eu fico, o tempo passa e tu vais, passa o tempo passando, passa tempo demais. Cada vez que o tempo passa, é um lamento que dou, o tempo passa e tu vais, o tempo passa, eu não vou. Passa o tempo que passa, passa o tempo parado, sempre que o tempo passa, o tempo é passado... Se o tempo passasse, e eu também fosse, o tempo que passava, era um tempo doce. Este não tem data, não me lembro quando o escrevi, mas não deixa de ter o seu sentido poético.
06.Dez.07

Help ... que se passa aqui...

Dona das Chaves
O meu computador não anda bem, ou a internet ou o quê...? Não sei o que se passa, com isto, está lento, não me envia os comentários do blog para a caixa de correio... vou migrar para o sapo... Ia, o que tu queres sei eu....!!! O meu mail, está há 15 minutos para enviar uma mensagem... socorro, daqui a pouco a caixa do destinatário fecha... ;) Aiiii, tem dias que parece que o tempo pára...
05.Nov.07

....

Dona das Chaves
Já não sei o que procuro, quando o tempo não passa. Sinto-me perdida nas horas infinitas, do tempo inútil que desperdiço, na procura vã, do que não quero encontrar. Sinto que estou perdida, num tempo que não é este, sinto que procuro o que não está neste tempo, mas daqui não quero sair. E fico aqui perdida?
14.Out.07

Um momento... para recordar...

Dona das Chaves
Por muito que não me queira lembrar é impossível. Como posso esquecer mesmo um ano depois? Como poderei esquecer, se a simples lembrança de ti ainda me faz estremecer? Que dizer daquela noite em que me fizeste sentir mulher, como nunca antes alguém tinha feito? Tentar adiar, o que tinhas planeado para mim, foi impossível, afinal o desejo não era só em ti que (...)
07.Out.07

Um ano...

Dona das Chaves
Porque faz por estas horas um ano que conheci quem mais me maguou, em tão pouco tempo... Mas porque o tempo tudo cura, só desejo que seja feliz, eu estou a aprender a ser feliz na solidão que é o meu refúgio...
30.Set.07

The rain

Dona das Chaves
Mesmo que viva 100 anos, vou sempre gostar desta banda, e de todas as músicas deles. Deixo esta, que ouço muitas vezes, porque a acho muito bonita. E porque, condiz o tempo que está hoje, a chuva, lol. Agora, acho que se aproxima uma trovoada, ou isso, ou anda algum maluco com um canhão na rua...
21.Set.07

Engordar o porquinho.

Dona das Chaves
Só agora percebi porque é que, até agora, ainda não dei em doida. Porque tenho a praia, o mar e a serra. Sim, e por poder desfrutar dessas maravilhas que a natureza concedeu a quem por aqui vive, eu vou conseguindo manter a minha sanidade mental. Mais uma vez, fui até lá, levei o meu livro e sentei-me na areia a desfrutar daquela paz, do som do mar. Quem por ali está, deve pensar que eu sou doida, afinal o livro é hilariante e, eu levo o tempo a rir, sozinha, mas faz-me tão bem. (...)
08.Set.07

Hoje e amanhã.

Dona das Chaves
"Não deixes para amanhã o que podes fazer hoje." São muitas vezes estes ditos populares que nos fazem acordar, e perceber que são palavras sábias. A vida encarrega-se de nos dar grandes lições, ou nós encarregamo-nos de de fazer as asneiras para depois aprendermos essas lições. Nunca tinha deixado nada por fazer, que se viesse a revelar uma lição, até á pouco tempo. Andei dia a dia a adiar se o faria ou não, não fiz, deixei por fazer, e como tal veio a revelar-se uma (...)
18.Ago.07

Tarde demais...

Dona das Chaves
Não sei a quantas ando. Começo a ficar um pouco confusa quanto ao que quero da vida. Quer dizer, há certas coisas das quais eu tenho certeza, mas o facto de não dependerem apenas de mim, fazem com que tudo se torne absolutamente confuso. Quero-te! Essa é a maior certeza que tenho, mas depois do meu erro, e depois deste tempo todo passado, sei que já não me (...)