Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

13.Mar.19

Coisas simples... que eu torno difíceis...

Dona das Chaves

Desde que estou de baixa, que estou numa inércia sem fim. Até para pegar no telemóvel e telefonar para resolver alguns assuntos, vou procrastinando dia a dia... hoje dei conta que se já tivesse ligado para a Imobiliária, já podia ter vendido o T1. Desde Dezembro, que chego ao fim do dia, e mentalmente planeio que no dia a seguir é que é... Foi assim em Dezembro, em Janeiro, em Fevereiro e em Março estamos quase a meio... sim hoje também ainda não foi... olhei agora para o relógio, e visto que já passa das 19 horas, já não vou ligar para a agente imobiliária, que há-de querer ir para casa tratar da vida dela, que afinal agente imobiliário, não é agente funerário disponível até nas horas em que ninguém supostamente morre, que é de madrugada. Andei desde Dezembro para telefonar para uma colega de trabalho que tinha acabado de ser mãe, e ir visitá-la... mais um adiamento, primeiro porque estive doente e não queria deixar os meus vírus com a criança, e depois porque não sabia o que oferecer, indecisa entre fraldas descartáveis e toalhitas, ou cremes de muda das fraldas, mas teria que perguntar primeiro o que ela estaria a usar, e lá foi passando o tempo, até que ela me convidou para um café, pelo Facebook, para por a conversa em dia e conhecer a "piquena"... ando mesmo desnaturada... agora, ando para ligar a outra colega, a quem a vida não está a sorrir, e todos os dias digo que é no dia a seguir... caramba, tenho mesmo de sair deste marasmo... de amanhã não passa, ou vou pedir ao excelso marido que me me dê um safanão, que me dê choques eléctricos, me vire de cabeça para baixo,  enfim faça algo para ver se acordo, e retomo a energia de pelo menos usar mais o neurónio, tomo decisões, e concluo tarefas tão simples como fazer um telefonema para ajudar a animar uma amiga, ou até vender uma casa. Coisas simples, não...???

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.