Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

05.Jun.08

Continuando com a roupa...

Dona das Chaves
Sabe-se que quem mora no campo, seca a roupa numa corda, ou arame esticado e se usa um pau para empinar e levantar o a corda para o ar e para que que a roupa não arraste no chão. Em tempos cantava-se aqui a canção do pau da roupa.
Aqui fica a canção:

Olha o pau da roupa, da minh mulher,
nunca se endireita quando ela quer.
Não sei se é do pau, se é da roupa que faz peso,
olha o pau da roupa, nunca mais está teso.
Às vezes fico a pensar que as mulheres são patarecas,
pedem o pau ao vizinho para enchugar as cuecas.

lolololol. Só nesta terra, mesmo. Ah como é bom viver no campo.!

6 comentários

Comentar post