Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

19.Mar.08

Dia grrrrrr....

Dona das Chaves

Hoje para não fugir á rotina não foi dia de sorte... Se não tenho nenhum rasgo de sorte nos outros dias, hoje ainda foi pior. Não me bastava a manhã não ter sido coma planeei, de tarde tudo piorou, e de que maneira... Fui tratar de assuntos de trabalho, atá aí tudo normal. No regresso, resolvo passar no hiper-mercado para trazer algumas coisas em falta. Saio do carro, fecho a porta, mas há um dedo mindinho, mais cansado que os restantes que se deixou ficar para trás... auuuch... entalei o dedo e o meu instinto foi puxá-lo... Não foi na fechadura, mas serviu para lhe rasgar a pele em mais de um lado e para que a unha ficasse apenas presa por uma ponta... auuuuch. Ok, sangue frio como a situação exige, há que decidir... vou às compras, ao sap ou às urgências... Vendo bem, a situação não está propriamente para compras, o sap da área de residência é a alguns quilómetros e eu estou em Setúbal, logo as urgências e a enfermeira amiga estão a um telefonema de distância. Dedo enfaixado num lenço de papel, as dores a começarem lá vou eu. Começa mal, a enfermeira está de serviço na reanimação, logo não deverá ter tempo. Faço a inscrição, e vou à triagem... podia ter o dedo a cair, que levo uma pulseira verde, pois então aquilo é para ecologistas mesmo... Bem, pela hora e pelo tempo que terei de esperar, telefono a avisar que não vou dar formação, e toca de enviar mensagem aos formandos. Como as coisas nunca estão suficientemente más, o telemóvel dá erro no envio das mensagens, eu repito mais que uma vez... telefona uma formada a dizer-me que já recebeu 4 mensagens... grrrrrr, nem sei como o telele não foi para a reciclagem...
Bem lá sou chamada, e uma coisa que se vê a olho nu que não precisa de rx, vai para o rx... ai a minha vida... por aí até não demorou e sou enviada para a ortopedia. Como eu sabia, e previa não afectou o osso, só a unha. Aquilo está à cunha (cof, cof), há muito trabalho (cof, cof), mandam-me para casa, sem desinfectarem o dedo, e não tiram a unha, nem fazem um penso...ai a minha vida, outra vez... Pago 8 euros e tal pela urgência, mais não sei quanto pelo rx, e mandam-me sem mais nada para casa. A minha amiga já andava à minha procura, e não me deixa sair sem um penso gordo no dedo, e com as recomendações de como tratar isto como deve ser.
Dia perdido, já não vou mesmo trabalhar, passo então pelo hiper para trazer as faltas. Chego à caixa, os MB resolvem ir de férias da Páscoa sem aviso prévio....grrrrrrr. Lá fui levantar dinheiro, paguei e vim embora, fula com o meu dia. Já em casa, começam a chatear-me com coisas para amanhã, com as quais eu não tenho nada a ver. A mania que as pessoas têm de contar com o c- dos outros para coisas que só servem para chatear. Parece que amanhã o dia não será melhor. Grrrrrr

2 comentários

Comentar post