Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

03.Jan.08

Gajas

Dona das Chaves
Isto de ser gaja tem que se lhe diga!! Dá uma trabalheira ser gaja, que se os gajos imaginassem... Isto de ter de parecer sempre bem, ter umas mãos de anjo, cabelo cuidado, ser livre de pelos, andar perfumada, bem vestida, etc e tal, é daquelas coisas que nos deveriam pagar para fazer. E que ainda por cima nós é que temos de pagar para andar neste estado de graça, para não assustarmos ninguém. Na idade da pedra é que era. As gajas tinham pelo até às orelhas, e as unhas de um urso, com terra desde o sabugo até à ponta, e cheiravam a bicho morto, o que atraía os machos, e se preciso fosse ainda lhes davam com uma moca nos cornos e os gajos até se regalavam, a ainda gostavam mais delas. A evolução veio estragar as coisas. Se uma gaja se descuida com a depilação, ouve logo o gajo dizer que parece um ouriço, que pica, e coiso e tal que até perde a pica, e vira-lhe as costas com até amanhã seco, como se estivesse a falar com uma parede. Se vão sair e a roupa não é do agrado do dito cujo, ouve insinuações pouco amistosas, que fazem logo a gaja ficar de mau humor a pensar se troca ou não de roupa, e logo ali estragam o resto do passeio. Além de tudo isto, ainda há a situação do trabalho, ou uma gaja se apruma, e anda toda aperaltada, ou corre o risco de parecer um fantasma, que nem os chefes sabem que é a rapariga que lhes apronta os relatórios, as actas e marca as reuniões.
Depois, uma gaja nunca sabe o que vai encontrar no caminho para o trabalho, no supermercado, na perfumaria, etc e tal, e se dá de caras com um príncipe mal encantado, ou quem sabe com um sapo mal amanhado mas muito charmoso que lhe dá a volta à cabeça?
Ora perante todas estas situações, para além de tudo o que preocupa o dia a dia de uma gaja, ainda tem de haver a preocupação de escolher o melhor perfume, a maquilhagem mais adequada, a roupa que melhor assenta, a manicura sempre impecável, não esquecendo a depilação. Irra e tudo isto, leva um enorme fatia do orçamento, já para não falar do ginásio, da alimentação, para não ter gorduras onde não fazem falta.
Ora ser gaja, é ou não uma trabalheira do caraças? Os gajos até podem andar todos rotos, com uma barba de metro e meio, cheirarem a cavalo que tem sempre uma resma de gajas ( estúpidas idiotas diga-se, em abono da verdade), uma gaja se anda nestas condições, sem a barba é claro, é logo passada para trás, como se fosse uma pedinte. Arre... o tempo que uma gaja perde com tanta aprumação... e depois nem tem um gajo para lhe dizer que está maravilhosa, que tem uma pele de seda, enfim chegar-lhe a mão ao coiro e sabe-se lá o que poderia vir a seguir...Grrrr.

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.