Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

20.Dez.07

O pior Natal de Sempre

Dona das Chaves
Estou mal, e vou ter o pior Natal de toda a minha vida! Sim, vou ter o pior Natal que poderia ter, porque a minha vida está num ponto sem retorno! Nunca odiei ninguém, sempre fui uma pessoa de coração aberto, e mesmo quem não gostava de mim, nunca recebeu nenhum sentimento negativo da minha parte, simplesmente ignorava e andava em frente. Só que hoje estou capaz de matar, sim matar, cresce dentro de mim um sentimento de raiva tão grande que se eu apanhasse uma certa pessoa seria capaz de com as minhas mãos afogá-la até que não tivesse um pingo de vida naquele corpo de merda. Lamento dizer isto, mas é um desabafo que tinha que por aqui. Sei que este post não está a fazer o mínimo sentido, mas, eu descobri algo muito grave de uma pessoa da família, que não sabendo viver com tudo o que tem, ainda perde tempo a foder a vida aos outros, que nada tem. São bem dadas as tareias que leva naquele focinho deslavado, e são poucas. Se em tempos pensei fazer queixa das tareias que ela levava, de hoje em diante sou capaz de lá ir dar um pau para que leve mais, forte e feio. Só me apetece chamar-lhe puta, ordinária, BRUXA! Devia contar ao marido a merda que ela fez, mas isso, só iria fazer com que ela fosse a correr fazer pior. Aiiii, que ódio. Um dia ela paga todo o mal que me fez, ai se paga. Acredito em DEUS, e na sua justiça, e sei que o que ela me fez terá o retorno que ela merece.
Não voltarei a ter o meu amor, mas ela pagará por isso. Quanto mais alto se sobe maior será a queda... eu eu estarei cá para ver.
Entretanto quero hibernar e poder esquecer...
Lamento a linguagem, mas estou no pior estado de sempre, igual, só no dia em que perdi o maior bem de toda uma vida...

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.