Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

28.Abr.09

Outra direcção...

Dona das Chaves
Ela anda nervosa. As novidades da sua vida não seriam nada de espantar, não fosse ela nunca ter sido uma mulher de cativar muitos homens. Agora sem perceber como, as coisas mudaram, não lhes dá troco, mas acha uma certa graça. Se calhar é da idade, ou da autoconfiança em si que ganhou. Não se exibe, mas percebe muitas vezes que não passa despercebida. Sabe com toda a certeza qual o seu ponto forte... os olhos azuis. Muitas vezes tem de conter o riso, ouve piropos que a fazem sorrir, outros que lhe dão a certeza que na sua idade está muito melhor do que esteve aos 25 anos. A maturidade talvez seja a sua melhor aliada. Por outro lado sente-se uma garota. Não percebeu ainda com uma nova história deu uma reviravolta de 180º graus na sua vida. Ainda tem dificuldade em perceber como se desenrolou no curto espaço de tempo, a empatia, como em pouco tempo tudo passou do 0 a 100. Sente-se uma garota, que está a aprender a caminhar nos meandros das relações maduras, entre duas pessoas adultas que sabem o que querem uma da outra, mas que não definem um caminho a seguir, apenas se deixam levar pelo vento, enquanto os for levando na mesma direcção. Não estão preocupados se o vento mudar e cada um for levado noutra direcção. O sentimento é calmo, pode ser um amor, mas um amor adulto como tantos outros, mas que não tem um caminho traçado. Ela sabe que o amor da sua vida não é este, este foi apenas um acaso que se tornou num acaso feliz. Ela sabe que pode amar de formas diferentes, como agora. E tudo começou por um par de algemas que nunca existiu, mas que mudou todo o rumo de um texto, todo o rumo de uma história.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.