Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

20.Jul.10

Rescaldo...

Dona das Chaves

... de um início atribulado!
As coisas não estão muito boas para quem está de férias! Eu!
O tempo está a revelar-se uma porcaria, para quem tem planos para ir para a praia e descansar os neurónios, ou neste caso o único neurónio existente e já todo queimadinho.
Como se não bastasse, para começar bem as férias, logo no sábado, achei por bem usar o instinto para salvar um prato com sardinhas e não fui de modas, agarrei num ferro em brasa. Resultado? O prato partido, as sardinhas sem a parte "traseira", e três dedos queimados, muitos ais, e muitos f#d@$$€, e muita adrenalina gasta em alguns minutos, em corridas para salvar o resto do almoço, e conseguir parar a dor das queimaduras com uma pomada SOS. E como três dedos queimados ainda eram pouco para iniciar as férias em grande, no domingo, não fui de modas, e dois dos dedos queimados, acharam por bem que não lhes apetecia ir comigo ver uma loja de sofás, e ficaram para trás no momento em que fechei a porta do carro... Auch... pois foi isso, mais do mesmo, mais ais, mais palavrões da pior espécie, desta vez os olhos tentaram atraiçoar-me à má fila, mas o tempo estava seco e eu resisti e secaram logo aquelas gotas malandras que estavam prontas para rolar cara abaixo. Nada mal, afinal até ia ficar de férias, podia muito bem, até ter os dedos todos enfaixados que não ia necessitar deles para trabalhar. Por sinal, apenas o dedo indicador, ainda está mais ressentido, com menor sensibilidade, e ainda negro e dorido, mas nada que me impeça de fazer a vidinha normal. O tempo é que me está a querer estragar as férias, é que neste momento não há guito para poder alterar os planos, e ir meter-me em exposições, museus, etc, se começar a chover. Enfim, não há-de ser nada.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.