Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

14.Mai.08

Sim? Não?

Dona das Chaves
Tanto eu como o blog já deu para perceber, já vimos melhores dias! Não sei se sou capaz de andar com isto em frente! Simplesmente não me apetece... Não me apetece acordar, não me apetece sair, nem me apetece sequer comer. O meu corpo, o meu cérebro, todo o meu organismo, parece que hibernaram! Nem sequer sinto nada. As coisas passam no meu cérebro, ou á minha volta como se eu não estivesse lá, como se fosse mero espectador! Deixei de sentir, deixei de estar dentro das situações. Parece que morri, e estou a ver as coisas como uma alma que vagueia por aí! Auto-defesa, é o que estou a fazer comigo mesma. Já sofri, já chorei muito, noutros tempos, e agora criei um bloqueio para não voltar a acontecer, porque agora as coisas estão diferentes, mas estão tão piores... Não há uma luz ao fundo do túnel. Estou desempregada novamente, no centro de emprego a falta de atenção de alguém, pode custar-me caro a mim. Tenho a certeza que preenchi bem o papel, porque me lembro de ter certificado as coisas com a funcionária, mas parece que quem introduziu os dados no sistema errou. E agora? Quanto tempo vai levar até que seja reparada a situação? A ver vamos quanto tempo demora. Estou desmotivada, sem vontade de fazer absolutamente nada, sinto que tudo o que me esforcei foi em vão. Começo a ter ideias pouco ortodoxas em relação a mim e em relação que que devo fazer. Preciso urgentemente sair desta situação. Nunca estive tão desmotivada. Nunca me senti tão inútil, tão sem perspectivas nesta vida.
Preciso urgentemente de sol. Onde estás tu agora? Preciso urgentemente de um sorriso teu! Sim, esse sorriso teu, que a mim faz milagres. Esse sorriso que faz os meus problemas parecerem meros rasgos de poeira, esse sorriso que me desarma.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.