Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Férias tortas!

por Dona das Chaves, em 24.06.15

 Este ano, por contingências laborais sou forçada a estar de férias agora. O tempo até nem está tão mau assim, já esteve muito pior na segunda metade de Julho, em vários anos, que é a minha altura favorita para férias. O problema, é que por esta altura costumo estar com rinite, ou uma constipaçãozita, mas que este ano, é muito mais que uma mera costipaçãozita. Se fosse algo ligeiro, podia ir à praia, e uns bons mergulhos, e umas aspirações de água do mar resolviam a questão no primeiro dia. Acontece que da forma que eu estou, se arrisco a ir a banhos, e a estar à sombra, mesmo que debaixo de um belo chapéu de praia, vou conseguir piorar a minha situação, e posso arranjar uma pneumonia, que é mesmo o que me falta, para completar o quadro desde o acidente e a infecção do pulmão (a bem dizer desde esse dia, só tenho vindo a piorar, não só emagreci bastante, até já tenho pavor ao olhar para mim mesma, e embora me apeteça ir à praia se melhorar, tenho vergonha da minha magreza).  Como se não bastasse ainda estou sem carro, o que me condiciona muito, pois, só posso usar o carro da minha irmã, e uma vez que o trabalho dela, não vai de vento em popa, ela pode estar em casa, a qualquer dia, e necessitar de ir a algum lado. Resta-me ir para o jardim ler, ou se melhorar, ir para a piscina da minha sobrinha, molhar-me um pouco, porque para nadar, a piscina é demasiado pequena, e só com uma braçada chego à outra margem...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:34

Férias 2015

por Dona das Chaves, em 20.06.15

ferias-de-verao1.jpg

 Desde o dia do acidente que a vida não me tem corrido de modo fácil e agradável. Não bastasse a saúde ter ficado afectada, ainda não me livrei totalmente da infecção no pulmão, a tosse só aliviou com o medicamento que estou a tomar e já acaba amanhã, não bastasse a rinite alérgica, ainda se lhe juntou uma constipação daquelas que até me deixam fanhosa, já para não falar na garganta, que anda há dias a ameaçar tornar-se mais um problema. E assim até fico com o cardápio completo, ou talvez não... porque entre as correntes de ar que tenho apanhado, e o sol na "mona" nas horas de maior calor, quando no trabalho tenho de ir ao parque marcar viaturas para preparar, não me espantará se a coisa degenerar em algo ainda pior, até porque a sorte não é minha companheira! E que melhor cardápio poderia eu desejar, quando inicio precisamente hoje as minhas duas semanas de férias de Verão? Como é que nestas condições vou poder ir à praia e meter-me na água fria, ainda que a água do mar seja boa para descongestionar as vias respiratórias? Só se quiser mesmo ficar pior é que arrisco ir a banhos. E que dizer do tempo, quando a meteorologia andou a dizer que na próxima semana, este calor ia continuar e agora já vêm dizer que as temperaturas vão baixar consideravelmente, e ainda pode chover a partir da tarde de amanhã? É certo que tenho umas arrumações para fazer, mas alegrava-me ter tempo de Verão nas minhas férias, para não estranhar tanto o facto, de as ter de gozar com um mês de antecedência do habitual. É que já estou aborrecida porque só gosto de ir de férias na segunda quinzena do próximo mês, ou quando muito, na última semana de Julho e primeira de Agosto, para apanhar a minha irmã e a minha prima em Agosto e irmos acampar como costumamos fazer. E que dizer da festa de anos de uma amiga, que este ano é na praia um dia inteiro, e com jantar no mesmo local, a 28 de Julho? A ver se pelo menos me posso dedicar à leitura dos livros que tenho guardados para as férias, mas terei de arranjar forma de ir para um local calmo e sossegado, porque se ficar por casa, a minha mãe não me dará tréguas e vai querer fazer de mim o seu táxi ou moça de recados a toda a hora, como se eu não tivesse vida própria. Uma vez por outra, posso fazer um recado, ou levá-la a algum lado que precise ou a casa de uma amiga, agora fazer de táxi  e recados todos os dias nem pensar, e se me descuido é o que acontece, e depois ainda faz birra como as crianças pequenas se disser que não posso. Tenho de ter sempre um plano na manga, para poder descansar também um pouco, que é para isso que são as férias, ou arrisco a levar duas semanas de "cadeia" a cuidar dos outros em vez de mim, para isso já o faço o resto do ano, mal chego a casa depois do trabalho.  

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:50

E foi-se... o tempo do sossego...

por Dona das Chaves, em 14.08.12

E "prontes, treminarem" as férias no trabalho, ou o trabalho nas férias, nem sei, foi uma coisa assim. Entretanto a tarde de hoje foi um pouco mais movimentada, mas nada que causasse incómodo. O que causou incómodo foi ter estado aqui um bocado quase a contar carneiros,  não para dormir, mas para NÃO dormir.

Tive uma noite horrível, em que não dormi, simplesmente porque ontem estavana cozinha com a minha irmã, a cortar um frango do campo para o jantar. A tábua da carne não tem dimensão suficiente para estarem duas pessoas a trabalhar em simultâneo, e aconteceu... no momento em que eu ia para dizer para ela se afastar com o cutelo porque eu estava a terminar de cortar uma asa do frango, ela deu uma cutelada num osso, quer dizer em dois ossos, porque um era o meu 3º dedo da mão esquerda. Desatei a rir com a cara de pavor dela, porque pensou que me tinha deixado num estado pior do que fiquei. Lá a acalmei, e fui ver como estava o meu dedinho, podo-o debaixo de água para estancar a hemorragia, e ir colocar um penso caseiro, eis senão quando vejo o meu tendão e o meu osso... prontes, lá tive mesmo de ir ao hospital. Não sei quantos pontos tenho no dedo, porque me fizerram deitar e por o braço todo torcido atrás da cabeça. Doeu mais a posição em que me colocaram o braço que a cutelada no dedo, ou os pontos a serem cozidos. Disse que tinha sido eu, ou ainda vinha a polícia cá a casa investigar se não seria uma tentativa de agressão, e fazer um inquérito para ver se a versão de cada uma batia certo.  Portanto, vou ter um dia feriado com uma mão enfaixada, e que me dói por estar tão apertada a ligadura, embora amanhã tenha de ir ao centro de saúde fazer novo penso. Eu que tinha tanta coisa planeada para fazer, mal consigo aqui escrever. A sorte foi que hoje ainda estava aqui no escritório de férias, porque se fosse para estar lá no lado da oficina, teria de ter ficado em casa. Quinta feira, espero estar melhor, com menos ligaduras na mão, e conseguir mesmo trabalhar, que isto já foram férias que não estavam no plano.

 (Depois da verificação ortográfica, é que vi como tenho mesmo os dedos presos, era só erros)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:28

É quase como estar de férias...

por Dona das Chaves, em 10.08.12

 

 

A bem dizer parece que tive uma semana extra, de férias. O ex-chefe foi de férias e lá vim eu substitui-lo. Como a economia portuguesa vai de vento em pôpa (not) cansei-me de trabalhar muito... pouco, praticamente nada. Ok, o país está de férias, mas mesmo que não estivesse dava no mesmo. Não há dinheiro nos bolsos da malta e como tal não se vendem carros, logo não há fabricação, e não há importação, e não há parqueamento, nem aumento de stocks, e nem carros para transportar. Está tudo tão quieto, tudo tão parado, que ao mesmo tempo as poucas coisas que há para serem transportadas por vezes tornam-se difíceis de coordenar, mas nada que tire o sono... que dá por estar aqui sem grande coisa para fazer. No entanto pontualmente há uns "stresses", que me fazem ficar piursa (pior que ursa) porque não é fácil fazer as vontades a duas partes, quando as mesmas não coincidem entre si. Depois vem aí o mês de Setembro, e não me parece que se vá alterar muita coisa. É o mês de regresso das férias para a maioria, e das férias para os que ainda não foram mas querem aproveitar ainda o fim do Verão. É o mês do regresso às aulas, em que os pais fazem as contas de sumir vezes sem conta, a ver onde é que conseguem ludibriar a matemática, e às vezes os filhos, para que o sumiço do dinheiro não seja tão grande, e pelo menos sobre menos mês no fim ordenado. Daí que por cá não devam haver grandes alterações. Para mim é provável que vá haver algum trabalho. Regressam no fim do mês as viaturas que a marca emprestou para o patrocínio da Volta a Portugal 2012, e as mesmas vão certamente necessitar de intervenção de chapa e pintura  e limpeza. Como já vou estar do lado da oficina, porque as férias do ex-chefe também não são eternas, é provável que não vá ter tempo para me aborrecer. Por agora aproveito o facto de estar aqui ao fresco do ar condicionado, é que depois lá do lado da oficina, aquilo parece um forno gigante para nos cozinhar vivos.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:09

É sempre curto...

por Dona das Chaves, em 07.08.12

...o meu Verão! Desta vez durou duas semanas, e já acabou. 3 dias de praia (só?) e o que raio fiz eu nos outros sete dias? Nada de especial parece-me, afinal não me lembro de grandes emoções que tenhavivido nesses dias. Essencialmente descansei física e mentalmente. Andei com a minha irmã pelo Ribatejo, zona Saloia, e Alentejo a distribuir ração para cães e gatos, em lojas e particulares, que é o trabalho dela. Gosto de ir para a zona do Alentejo e Ribatejo, é tudo tão limpo, e tudo tão branco que dá impressão que são vilas com casas de brincar, os terrenos que não estão cultivados estão bem tratados, e as matas em volta estão limpas, o que evita os fogos se aproximem das casas. À medida que se sobe para a zona saloia, já começam a aparecer os apontamentos de cor nas casas, o ordenamento das ruas já é diferente, com ruas demasiado estreitas e sinuosas, e com muitas casas antigas em abandono, e os terrenos em pousio já não estão tão bem cuidados, as matas não estão limpas na sua maioria. São dois pontos diferentes num país que é mesmo de contrastes. Claro que ajudei a minha irmã, não fuiatrás dela só para passear. Almocei em Salvaterra um dia, e noutro no Magoito. Conheci um simpático cão Border Collie, que despertou novamente o desejo adormecido de um dia ter um para mim. Sei que agora não posso. Já temos lotação esgotada, e eu vou viver para o meu apartamento um dia destes, o que invalida a hipótese de ter um cão, seja ele um Border Collie ou outro, e não vou arranjar um animal para depois o deixar no quintal da casa dos meus pais. Gostaria de ter ido mais vezes à praia, mas não planeei bem as coisas. Deu para terminar a leitura de um livro e iniciar outro, que agora me está a fazer andar em busca dos outros livros anteriores da mesma autora, que embora sejam histórias diferentes, ajudam a que compreenda melhor o contexto histórico deste que estou a ler. Ando a ver nos sites de leilões e essas coisas, mas parece que os livros de Philipa Gregory, não são daqueles que alguém queira vender a preços de saldo.

No próximo ano será melhor... digo sempre isto... e ainda me faltam as férias de Inverno, no final de Outubro, que se for como em anos anteriores há-de estar tempo quente, até porque o Verão de S. Martinho  é por essa altura.

 

(andei desaparecida, não tinha net, e nas férias decidi que não me metia com a net)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:59

Férias... uma miragem...

por Dona das Chaves, em 19.06.12

 

 

 

 

 

Estou a precisar de férias... e ainda me faltam 4 semanas e meia para lá chegar.  Até lá acho que ainda entro em parafuso. A sorte é que o tempo também não está assim grande coisa, o que ajuda muito. Este vento maluco, a mim não me dá pica para andar na rua ou passear, o que é bom para eu aguentar estar aqui a trabalhar, sem estar a pensar que podia estar na praia, numa esplanada ou simplesmente a visitar algum castelo altaneiro por aí algures.  Mas podia estar no meu sofá a ler um livro, ou a dormir uma soneca.  Ando cansada, e estar aqui a substituir o ex-chefe também não é pêra-doce. Tem dias que isto parece uma sucursal das urgências de um qualquer hospital central ou mesmo de um hospício, tais são as pressas com que toda a gente pede transportes. É tudo para ontem, no ponto mais distante deste país, ou então nos pontos mais opostos possíveis. Como é óbvio, isto não dá para acudir a tantos fogos ao mesmo tempo, nem há bombeiros por aqui, e nem os camiões usam uma sirene azul, de marcha de urgência. Tem dias que pareço a Maia, não a abelha, mas a das cartas de tarot, só a fazer e dar previsões. E tudo piora quando as coisas não correm como planeado. O telefone não pára, eu não páro, até as minhas orelhas ficam em sobreaquecimento, e necessito ligar a ventoinha do radiador para fazer o arrefecimento.  Depois do trabalho continuo em modo atender doidos. Pensando bem, até acho que vou enviar o currículo para os hospitais de doentes mentais, para uma vaga na administração. Experiência em atender gente doida e cheia de pressa, não me falta. O pior é se acabo candidata a uma vaga numa das alas com quartos disponíveis. Boa ideia, férias com quarto,  alimentação e roupa lavada de graça.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:25

NGV - neura a alta velocidade...

por Dona das Chaves, em 12.08.11
Avizinha-se em alta velocidade um neura daquelas que me vão fazer revoltar as entranhas. Não bastam já as medidas que me vão mexer no bolso, e que me estão a por só a fazer contas de "sumir", como as férias do chefe são sempre sinónimo de mais chatices, e o nosso cliente banca é aquilo a que os americanos chamam "a pain in the ass". Vou precisar de uma dose indsutrial de paciência para lidar com a sra Xy. que geralmente nos põe a deitar fumo pelas orelhas, e que nos vence pelo cansaço, já depois de estarmos a pontos de cortar os pulsos. A juntar a tudo isto, 90% da empresa vai estar de férias na próxima semana, o que na prática significa que vai haver um défice de mão de obra... e mais responsabilidades para mim... e nenhuma luz ao fundo do túnel... (sim, as coisas estão tão más que o mais certo é a empresa fechar um dia destes).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:17

Rotina...

por Dona das Chaves, em 02.08.10
Amanhão regresso à rotina normal, e depois logo venho aqui para contar/reclamar das férias...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:12

Rescaldo...

por Dona das Chaves, em 20.07.10

... de um início atribulado!
As coisas não estão muito boas para quem está de férias! Eu!
O tempo está a revelar-se uma porcaria, para quem tem planos para ir para a praia e descansar os neurónios, ou neste caso o único neurónio existente e já todo queimadinho.
Como se não bastasse, para começar bem as férias, logo no sábado, achei por bem usar o instinto para salvar um prato com sardinhas e não fui de modas, agarrei num ferro em brasa. Resultado? O prato partido, as sardinhas sem a parte "traseira", e três dedos queimados, muitos ais, e muitos f#d@$$€, e muita adrenalina gasta em alguns minutos, em corridas para salvar o resto do almoço, e conseguir parar a dor das queimaduras com uma pomada SOS. E como três dedos queimados ainda eram pouco para iniciar as férias em grande, no domingo, não fui de modas, e dois dos dedos queimados, acharam por bem que não lhes apetecia ir comigo ver uma loja de sofás, e ficaram para trás no momento em que fechei a porta do carro... Auch... pois foi isso, mais do mesmo, mais ais, mais palavrões da pior espécie, desta vez os olhos tentaram atraiçoar-me à má fila, mas o tempo estava seco e eu resisti e secaram logo aquelas gotas malandras que estavam prontas para rolar cara abaixo. Nada mal, afinal até ia ficar de férias, podia muito bem, até ter os dedos todos enfaixados que não ia necessitar deles para trabalhar. Por sinal, apenas o dedo indicador, ainda está mais ressentido, com menor sensibilidade, e ainda negro e dorido, mas nada que me impeça de fazer a vidinha normal. O tempo é que me está a querer estragar as férias, é que neste momento não há guito para poder alterar os planos, e ir meter-me em exposições, museus, etc, se começar a chover. Enfim, não há-de ser nada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:56

Acabou...

por Dona das Chaves, em 06.06.10
Amanhã volto à rotina... sempre terei com que ocupar mais a cabeça.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:57


O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa apenas aquilo que aqui for postando, dia a dia, ou à noite, tanto faz...Como só tenho um neurónio disponivel, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2015

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D