Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

24.Jun.15

Férias tortas!

Dona das Chaves
 Este ano, por contingências laborais sou forçada a estar de férias agora. O tempo até nem está tão mau assim, já esteve muito pior na segunda metade de Julho, em vários anos, que é a minha altura favorita para férias. O problema, é que por esta altura costumo estar com rinite, ou uma constipaçãozita, mas que este ano, é muito mais que uma mera costipaçãozita. Se fosse algo ligeiro, podia ir à praia, e uns bons mergulhos, e umas aspirações de água do mar resolviam a (...)
20.Jun.15

Férias 2015

Dona das Chaves
 Desde o dia do acidente que a vida não me tem corrido de modo fácil e agradável. Não bastasse a saúde ter ficado afectada, ainda não me livrei totalmente da infecção no pulmão, a tosse só aliviou com o medicamento que estou a tomar e já acaba amanhã, não bastasse a rinite alérgica, ainda se lhe juntou uma constipação daquelas que até me deixam (...)
14.Ago.12

E foi-se... o tempo do sossego...

Dona das Chaves
E "prontes, treminarem" as férias no trabalho, ou o trabalho nas férias, nem sei, foi uma coisa assim. Entretanto a tarde de hoje foi um pouco mais movimentada, mas nada que causasse incómodo. O que causou incómodo foi ter estado aqui um bocado quase a contar carneiros,  não para dormir, mas para NÃO dormir. Tive uma noite horrível, em que não dormi, simplesmente porque ontem estavana cozinha com a minha irmã, a cortar um frango do campo para o jantar. A tábua da carne não tem (...)
10.Ago.12

É quase como estar de férias...

Dona das Chaves
  A bem dizer parece que tive uma semana extra, de férias. O ex-chefe foi de férias e lá vim eu substitui-lo. Como a economia portuguesa vai de vento em pôpa (not) cansei-me de trabalhar muito... pouco, praticamente nada. Ok, o país está de férias, mas mesmo que não estivesse dava no mesmo. Não há dinheiro nos bolsos da malta e como tal não se vendem carros, logo não há (...)
07.Ago.12

É sempre curto...

Dona das Chaves
...o meu Verão! Desta vez durou duas semanas, e já acabou. 3 dias de praia (só?) e o que raio fiz eu nos outros sete dias? Nada de especial parece-me, afinal não me lembro de grandes emoções que tenhavivido nesses dias. Essencialmente descansei física e mentalmente. Andei com a minha irmã pelo Ribatejo, zona Saloia, e Alentejo a distribuir ração para cães e gatos, em lojas e particulares, que é o trabalho dela. Gosto de ir para a zona do Alentejo e Ribatejo, é tudo tão (...)
19.Jun.12

Férias... uma miragem...

Dona das Chaves
     Estou a precisar de férias... e ainda me faltam 4 semanas e meia para lá chegar.  Até lá acho que ainda entro em parafuso. A sorte é que o tempo também não está assim grande coisa, o que ajuda muito. Este vento maluco, a mim não me dá pica para andar na rua ou passear, o que é bom para eu aguentar estar aqui a trabalhar, sem estar a pensar que podia estar na praia, (...)
12.Ago.11

NGV - neura a alta velocidade...

Dona das Chaves
Avizinha-se em alta velocidade um neura daquelas que me vão fazer revoltar as entranhas. Não bastam já as medidas que me vão mexer no bolso, e que me estão a por só a fazer contas de "sumir", como as férias do chefe são sempre sinónimo de mais chatices, e o nosso cliente banca é aquilo a que os americanos chamam "a (...)
20.Jul.10

Rescaldo...

Dona das Chaves
... de um início atribulado!As coisas não estão muito boas para quem está de férias! Eu!O tempo está a revelar-se uma porcaria, para quem tem planos para ir para a praia e descansar os neurónios, ou neste caso o único neurónio existente e já todo queimadinho.Como se não bastasse, para começar bem as férias, logo no sábado, achei por bem usar o instinto para salvar um (...)