Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

blue eyes

O nome desta gaita, não interessa para nada. Interessa aquilo que aqui for postando dia a dia, ou à noite...Como só tenho um neurónio disponível, é muito certo que saia asneira de vez em quando, ou quase sempre...

29.Mar.10

Tamanho XXL

Dona das Chaves

E quando o neurónio esturrica de vez, o que acontece? Uma paragem cerebral das maiores que há memória! A minha pessoa só com um neurónio já de si fraquito, tem andado a modos que com nervos, que stress é para os ricos, como diz o LG. Vai daí, a minha pessoa, abriu a impressora, sacou os tinteiros vazios, pegou em mais tinteiros vazios que havia por casa, foi à loja, trocou por um vale de desconto na compra de novos. Foi ao escaparate, escolheu os modelos certos, pagou e vem para casa cheia de esperança. Em casa, a minha pessoa, pega nos tinteiros abre as embalagens, abre a impressora e... ups, não dá... tenta o preto, tenta o de cor, tenta o preto, o de cor, preto, o... nada de nada, parece que aquilo está falsificado. Dá voltas e voltas na embalagem, vê os modelos de impressora a aplicar, vê na impressora, tudo certo. Mas que coisa, porque é que os tinteiros agora são maiores que a cavidade onde deviam entrar. Bem, nada feito, tinteiros para a embalagem, talão no saco, e desliga-se a impressora, que amanhã, hão-de ir "todos" para a loja, afinal pode ser erro de embalagem... duhhhh.
Dia seguinte, a caminho da loja, o neurónio tem um rasgo de lucidez, e pensa não pode ser erro de embalagem, afinal são logo dois tinteiros e de cores distintas, se calhar a impressora está a modos que a ponto de morrer. A minha pessoa, pega na impressora, cabos, tinteiros e larga no balcão de atendimento. A menina de serviço, chama ao microfone uma pessoa da informática para atender tal neurónio em apuros. Chega o rapaz, muito simpático e a minha pessoa expõe o problema. O rapaz pega no tinteiro preto e treco, tinteiro no sítio. A minha pessoa, faz uma cara de duhhh, e ri-se. Tentara por os tinteiros na posição errada, e bastou ver a colocação do primeiro para se fazer luz. Oh paragem cerebral, tamanho XXL! Ia dando cabo dos tinteiros, da impressora, do resto dos nervos, e fiz figura de ursa... Parece que a minha pessoa não foi caso único a apresentar semelhante problema. Problema é já ter trocado os tinteiros várias vezes e dar uma de ursa sem margem para dúvidas.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.